Idosos do Lar de Avô vão realizar uma exposição e venda de obras que eles próprios realizaram alusivas ao Natal

Idosos do Lar da Vila de Avô vão realizar uma exposição/venda de obras que eles próprios realizaram alusivas ao Natal

Os utentes do Lar Nossa Senhora da Assunção, da Vila de Avô, têm trabalhado desde Junho para preparar o regresso, depois de um ano de interregno, da exposição de Natal da instituição. Uma mostra que este ano está agendada para os próximos sábado e domingo, entre as 14h00 e as 18h00, no Centro Cultural Dr. Vasco de Campos. A iniciativa vai colocar em exibição várias peças de decoração de Natal produzidas pelos utentes do lar com alguns dos produtos reciclados que serão vendidas aos visitantes, sendo a verba angariada a reverter para o Lar.10804933_869140063105919_127734648_n (Medium)

“Esta mostra, que não se realizou no ano passado, atrai sempre muita gente. As peças são quase todas vendidas, inclusive já temos algumas reservadas, e, mais importante, este é um trabalho gratificante para esta gente que, com esta ocupação, se sente útil”, explica a directora técnica do Lar, Anabela Veloso, adiantando que a ocupação das pessoas mais idosas é muito importante. “Existe uma dinamização extremamente importante”, resume.

As peças são feitas aproveitando muito do material reciclado, o que, no entender 10819008_869142109772381_1013591653_n (Medium)de Anabela Veloso, ajuda mesmo o ambiente. Uma das novidades deste ano é a utilização de parte de tecido de chita que sobrou do desfile das marchas populares e outros pedaços que foram oferecidos por fornecedores. “Existirá uma secção dedicada a esse tema”, confirma esta responsável que, este ano, dado o grande afluxo de público, se viu obrigada a encontrar um espaço com uma área superior em relação aos anos anteriores. “E depois conseguimos vender quase tudo ou praticamente tudo. Na última sobraram apenas duas peças”, confirma.

10841228_869140086439250_2062084149_n (Medium)Os utentes, por seu lado, vão dando os últimos retoques nas obras que estão a realizar. Nos seus aposentos vão trabalhando tranquilamente, entre sorrisos quando sabem que estão a ser observados por jornalistas. E mostram com orgulho algumas das peças já terminadas. Peças que por certo vão agradar aos visitantes.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …