IG supermercados estreiam novo espaço “em grande”

 

… de um investimento de cerca de três milhões de Euros abriu hoje as portas aos seus clientes.

Construídas em tempo record – os trabalhos de terraplanagem iniciaram em maio passado – as novas instalações dos Supermercados IG abriram hoje as suas portas.

Objeto de muita curiosidade pela sua grandiosidade e investimento associado de cerca de três milhões de Euros, o espaço localizado junto à urbanização Chão do Prado constitui hoje o centro de todas as atenções, recebendo logo às primeiras horas da manhã uma verdadeira enchente de clientes.

“Muita gente”, referiu emocionado Rui Gonçalves diante de corredores preenchidos de gente e de caixas de pagamento que, hoje, se revelavam manifestamente insuficientes para dar resposta a tamanha clientela. Um cenário logo percetível à entrada do portão que permite o acesso ao estacionamento e que, por vários ocasiões chegou a encher, obrigando várias viaturas a estacionar nas imediações.

“Um espectáculo”, ouvia-se entre os clientes que hoje se habilitam a vales de 50 Euros em compras e que, logo à entrada, foram brindados com o café que os IG Supermercados fizeram questão de oferecer à clientela que, hoje, ali tem afluído em número francamente superior ao que é habitual.

“Há muita gente a querer ver”, conta satisfeito o rosto principal do projeto, revelando serem muitos os clientes que a ele se dirigem com mensagens de parabéns e de felicitações.

Os Supermercados IG dispõem, a partir de hoje, de um moderno e amplo espaço, onde para além de melhorarem os serviços que já prestavam nas antigas instalações, surpreendem com o serviço de Take Away. As secções de peixaria e de eletrodomésticos também registam melhorias significativas num espaço, onde o projeto IG também abriu uma papelaria e tabacaria e tem abertas, em regime de arrendamento, uma parafarmácia e loja de telemóveis.

“É um dia marcante”, refere emocionado Rui Gonçalves que, pese embora o grande esforço financeiro associado ao projeto, prefere centrar atenções no futuro. “Não me quero lembrar mais do investimento”, gracejou o empresário, notando que “quando se está no barco, não se pode deixar afundar e é preciso ter coragem e tomar decisões”.

À frente de um projeto que surge em contra-ciclo com aquilo que é o panorama da economia nacional, em que diariamente se tem conhecimento de mais empresas a fechar, Rui Gonçalves refugia-se no seu espírito otimista e acredita que “tudo há-de correr bem”. “Estou confiante”, refere, valorizando a equipa de funcionários – cerca de 80 – ao serviço dos supermercados IG. “Conto com pessoal dedicado e sempre pronto”, continuou, revelando já ter admitido cerca de uma dezena de novos funcionários, prevendo recorrer a novas entradas destinadas a algumas áreas do supermercado que se encontram um pouco desfasadas.

“Oliveirense de gema”, Rui Gonçalves orgulha-se por, juntamente com o irmão Carlos Gonçalves, ter aberto o novo espaço em Oliveira do Hospital. “Estou com a minha gente”, refere pouco amedrontado com o aumento da emigração e satisfeito por ver muitos oliveirenses, que fizeram vida nas grandes cidades, a regressarem à terra natal.

Na concretização do novo investimento pensado para colmatar os problemas de falta de espaço e para melhorar as condições de trabalho, Rui Gonçalves tem a registar a abertura da Câmara Municipal que, desde a primeira hora, agilizou procedimentos no sentido da rápida concretização da obra. “Estamos-lhes muito agradecidos”, refere.

Lar de idosos é o novo desafio

Numa altura em que abre portas ao novo espaço de supermercado, o projeto IG tem já em mente a remodelação do posto de combustíveis que mantém na cidade. Prevista está a sua ampliação para a zona do antigo parque de estacionamento do supermercado, criação de uma segunda ilha de abastecimento e introdução de sistema de Jet Wash.

No início do próximo ano, a dupla IG conta igualmente dar que falar com o arranque de um novo projeto totalmente diferente nada condizente com as atividades de negócio em que se tem notabilizado. A construção de um lar de idosos, está por esta altura entre os planos de Rui e Carlos Gonçalves.

“O projeto já está feito e contamos arrancar com ele lá para janeiro ou fevereiro”, revelou, contando que a obra deverá ser feita num espaço de família situado na Rua Alexandre Herculano.

LEIA TAMBÉM

Primeiro-ministro vê nas biorefinarias uma “oportunidade” para aproveitar a floresta e elogia trabalho desenvolvido na BLC3

O primeiro-ministro destacou ontem na inauguração do Campus de Tecnologia e Inovação BLC3, em Oliveira do …

António Costa remete construção do IC6 para “quando haja condições financeiras”

O primeiro-ministro não se compromete com uma data para a construção do IC6 entre Tábua …