II Feira Moçárabe de Lourosa foi “um sucesso”

Lourosa foi o destino privilegiado de alguns milhares de pessoas durante o passado fim-de-semana, atraídos pelo programa da Feira Moçárabe.

Ao longo de dois dias, os visitantes viajaram no tempo até ao século X, quando foi edificada a Igreja Moçárabe de S. Pedro de Lourosa, monumento nacional. Nesta época, habitavam na aldeia três culturas, cristãos, árabes e judeus sefarditas, ambiente que se voltou a presenciar dos dias 24 e 25 de agosto, num trabalho de recriação histórica de vários grupos cénicos encabeçados pelo Grupo Viv’Arte.

A segunda edição da Feira Moçárabe foi promovida numa parceria entre a Junta de Freguesia de Lourosa e o Município de Oliveira do Hospital e que contou com o apoio da ADI – Agência de Desenvolvimento Integrado, da ADIBER – Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra, e da ADXTUR, no âmbito da Rede das Aldeias do Xisto.

Lourosa foi palco de um evento com marca do concelho de Oliveira do Hospital como foi reforçado pelos presidentes da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Lourosa, que agradeceram o envolvimento dos vários parceiros envolvidos.

Juntos na organização desta segunda edição, José Carlos Alexandrino e Américo Figueiredo sublinharam, durante a abertura oficial do certame, a vontade de lhe dar continuidade nos próximos anos. A importância do monumento nacional, “jóia da coroa” no concelho e de arquitetura única no país, bem como a união de esforços para a concretização do projeto de requalificação do espaço envolvente e a sua valorização, foram a tónica comum das intervenções.

A promoção deste monumento nacional sai agora reforçada com a conquista de mais um parceiro, a ADXTUR e a Rede das Aldeias do Xisto, como referiu o vice-presidente do Município, José Francisco Rolo, no encerramento da Feira.

LEIA TAMBÉM

Combustíveis sobem na segunda-feira pela quinta semana consecutiva e batem recorde do ano

Os combustíveis deverão voltar a subir na próxima segunda-feira. Será a quinta semana consecutivo a …

Dois traficantes detidos em Pinhel

O Núcleo de Investigação Criminal de Pinhel da GNR deteve dois homens, de 28 e …