Incendiário detido em Arganil ficou em prisão preventiva

Um homem, de 44 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) pela presumível prática de um crime de incêndio em anexo de uma habitação”, ocorrido no passado dia 10 de Março, no concelho de Arganil. O homem, divorciado, foi presente “para primeiro interrogatório” e ficou em prisão preventiva.

No incêndio, este indivíduo “usou chama directa para atear o fogo e actuou num quadro de alcoolismo e vingança por se ter desentendido com o proprietário do local, tendo provocado elevados prejuízos”, lê-se no comunicado da PJ.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Chuva regressa Quinta-feira e as temperaturas baixam

As temperaturas vão descer entre 2 e 5 graus Celsius a partir de quinta-feira, dia …