Incendiário detido em Arganil ficou em prisão preventiva

Um homem, de 44 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) pela presumível prática de um crime de incêndio em anexo de uma habitação”, ocorrido no passado dia 10 de Março, no concelho de Arganil. O homem, divorciado, foi presente “para primeiro interrogatório” e ficou em prisão preventiva.

No incêndio, este indivíduo “usou chama directa para atear o fogo e actuou num quadro de alcoolismo e vingança por se ter desentendido com o proprietário do local, tendo provocado elevados prejuízos”, lê-se no comunicado da PJ.

LEIA TAMBÉM

José Carlos Alexandrino garante que existem três médicos dispostos a vir trabalhar para Oliveira do Hospital desde que sejam contratados pela tutela

Deputado do PS Santinho Pacheco defende encaminhamento de doentes renais de Seia e Gouveia para Viseu

O deputado socialista Santinho Pacheco, eleito pelo circulo eleitoral da Guarda, anunciou hoje que questionou …

A partir de hoje a origem do leite é obrigatória nos rótulos

A origem do leite, queijo, requeijão, iogurte, manteiga ou nata vai ser obrigatória nos rótulos …