Incendiário detido em Arganil ficou em prisão preventiva

Um homem, de 44 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) pela presumível prática de um crime de incêndio em anexo de uma habitação”, ocorrido no passado dia 10 de Março, no concelho de Arganil. O homem, divorciado, foi presente “para primeiro interrogatório” e ficou em prisão preventiva.

No incêndio, este indivíduo “usou chama directa para atear o fogo e actuou num quadro de alcoolismo e vingança por se ter desentendido com o proprietário do local, tendo provocado elevados prejuízos”, lê-se no comunicado da PJ.

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …