Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio em Oliveira do Hospital consumiu cerca de cinco hectares de mato e pinhal

Um incêndio destruiu, ao final do dia de ontem, cerca de cinco hectares de mato e pinhal no Vale dos Sonhos, na localidade de Chamusca da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital. No combate às chamas estiveram envolvidos 78 bombeiros de sete corporações. Quando ocorreu o incêndio, cerca da 17h00, registavam-se temperaturas elevadas e vento que dificultou o combate às chamas que foram dadas por extintas cerca das 23h30.

O alerta para o incêndio, segundo a Rádio Boa Nova, foi dado pouco depois das 17h30, à qual o comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital, Emídio Camacho, explicou ter-se tratado de um “incêndio em declive, deitado no fundo de uma ravina, numa zona densamente povoada, que fez com que as chamas ganhassem grande proporção”. Emídio Camacho explicou ainda àquela rádio que se tratou de um fogo que entende ser o “maior” deste ano. Até ao momento desconhecem-se as causas do incêndio. De qualquer modo, Emídio Camacho está certo de que “houve ignição e que alguém teve que a fazer”.

No combate ao incêndio estiveram envolvidos 78 bombeiros das corporações de Oliveira do Hospital, Lagares da Beira, Tábua, Coja, Arganil e Seia, apoiados por 21 viaturas.

 

LEIA TAMBÉM

Voluntários da Ordem de Malta visitam vítimas dos incêndios em Oliveira do Hospital e ouvem críticas à actuação das autoridades e autarquia

Logo à entrada da Quinta da Porfía, Seixo da Beira, Oliveira do Hospital, os sinais …

Moléculas da cerveja desvendadas na Universidade de Aveiro

Fragrâncias frutadas, vegetais e aromas tostados ou a caramelo provenientes do lúpulo ou do malte. …