Indubeira é lider entre as empresas concelhias

Pertence ao setor alimentar, a empresa do concelho de Oliveira do Hospital melhor classificada no ranking das 1000 maiores empresas do distrito de Coimbra divulgado no final de novembro.

Posicionada no 45º lugar, a Indubeira fechou o ano de 2010 com um volume de faturação próximo dos 19 milhões de Euros. Com 99 postos de trabalho, a empresa localizada na Zona Industrial de Oliveira do Hospital, é entretanto seguida pela Davion – Indústria de Vestuário SA no 84º lugar com um volume de negócios na ordem dos 11 milhões de Euros.

Conhecida por Supermercado Irmãos Gonçalves, a empresa AMOL – Armazéns de Mercearia Oliveirense, Lda aparece no 92º lugar com um volume de negócios em 2010 superior a 10 milhões de Euros.

Numa listagem liderada pela empresa Soporcel, onde o concelho de Oliveira do Hospital marca presença com mais de meia centena de unidades empresarias, destaque ainda para a EP Garment Company Lda na 104ª posição, com mais de nove milhões de euros em vendas, e Ecociclo no 108º lugar, com um volume de superior a oito milhões e meio de Euros.

Com mais de 7 milhões de Euros em transações, a Irsil surge no 131º lugar, seguido pelo Matadouro Regional da Beira Serra no 134º lugar com sete milhões de euros. Na posição 140 aparece a Quinta de Jugais com um volume de negócios próximo dos sete milhões de Euros.

O setor da construção surge no 164º lugar com a empresa Amadeu Gonçalves Cura que fechou 2010 com mais de cinco milhões e meio de Euros em volume de negócios. Segue-se-lhe Contruções Irmãos Peres na 209ª posição com mais de 4 milhões e meio de Euros e, em 226º, Joaquim Fernandes Marques & Filho com um volume de negócio próximo dos quatro milhões e 300 mil Euros.

A presença de empresas concelhias na listagem das 1000 maiores mereceu ontem o apreço do vereador do PSD na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital que chegou a propor um voto de reconhecimento e louvor a todos os empresários do concelho.

“Que lhes seja transmitida uma palavra de estímulo e alento para enfrentarem 2012 com a mesma determinação”, afirmou Mário Alves, vendo a sua proposta ser aprovada por todo o executivo.

LEIA TAMBÉM

Primeiro-ministro vê nas biorefinarias uma “oportunidade” para aproveitar a floresta e elogia trabalho desenvolvido na BLC3

O primeiro-ministro destacou ontem na inauguração do Campus de Tecnologia e Inovação BLC3, em Oliveira do …

António Costa remete construção do IC6 para “quando haja condições financeiras”

O primeiro-ministro não se compromete com uma data para a construção do IC6 entre Tábua …