Inspetores à paisana fiscalizam emissão de faturas

Vários inspetores do Fisco têm percorrido o país à paisana, com vista à recolha de provas que indiciem crimes de natureza fiscal. Segundo o Jornal de Notícias, as ações anónimas são permitidas desde que se alterou o decreto-lei que estabelece a orgânica da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) e são para continuar.

Antes da realização da operação ‘Fatura Suspensa’, que detetou falhas nos sistemas de faturação de 108 empresas, vários inspetores do Fisco andaram pelo país, a percorrer estabelecimentos comerciais à paisana, para recolher provas de crimes de natureza fiscal.

De acordo com o Jornal de Notícias, esta ação de fiscalização foi levada a cabo por inspetores que não se identificaram e desencadeou a megaoperação que se seguiu.

Contudo, a fiscalização à paisana não fica por aqui. A ação de combate à evasão fiscal é para continuar, com especial enfoque no arrendamento ilegal para fins turísticos.

noticiasaominuto.com

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …

Subida de temperatura e risco elevado de incêndios no interior nos próximos dias

Onde de calor vai continuar, com as temperaturas a rondar os 30 graus

O calor vai continuar a fazer-se sentir no continente, com as temperaturas a rondar os …