Que as verdades incomodam é certo e sabido. Mas do incómodo à prática da intimidação ainda vai uma grande distância. Mas não para alguns…

Intimidações …

 

Refiro-me, em concreto, à reacção à notícia editada, dia 27 de Julho, no diário digital do Correio da Beira Serra: “Oliveira do Hospital continua à margem da Turismo Centro de Portugal”.

Não me reporto ao facto de no final de 30 de Julho, o nome de Oliveira do Hospital já constar do site da internet daquela estrutura turística, pelo que até felicito a atitude, enquanto consequência directa do trabalho jornalístico do Correio da Beira Serra.

Refiro-me, sim, à forma como o presidente da Turismo Centro de Portugal recorreu ao abuso da oratória, para se defender do que não tinha defesa possível, rejeitando admitir uma falha da estrutura de que é responsável e que se alonga há vários meses.

No contacto via telemóvel com a redacção deste jornal, Pedro Machado pôs em causa a minha competência enquanto jornalista, impôs a criação de uma nova notícia a desmentir a anterior editada, sob pena de me mover um processo em tribunal.

Como se ainda não bastasse, a destacada figura com responsabilidades distritais disse que o conteúdo da notícia era “falso”, tinha por base “juízos de valor” e “questões políticas”.

Invocando o mau ambiente político a que se assiste por terras oliveirenses, Pedro Machado convidou-me – enquanto habitante e jornalista do concelho – a contribuir para o apaziguamento entre as “hostes”.

Esquece-se o Dr. Pedro Machado que não me compete a mim, nem a nenhum jornalista pugnar bem-estar político, mas antes noticiar factos e constatações.

Pelo contrário, compete aos que tal como ele – Pedro Machado – trilham caminhos para atingir lugares de destaque, definir estratégias coerentes em consonância com aquilo que é o melhor para cada município.

Lamento que atitudes, como esta aqui relatada, partam de importantes dirigentes distritais que, no caso em concreto, acumula as funções de presidente da Comissão Política Distrital do PSD e de presidente da Turismo Centro de Portugal.

Liliana Lopes

LEIA TAMBÉM

Cartões e telemóveis podem andar juntos na carteira? Autora: Isa Tudela

Pense neste cenário: vai às compras, carrinho cheio e na hora de pagar o cartão …

CNA faz proposta, sem resposta. O Ministro da Agricultura gosta é de “pôr ovos em ninhos alheios” para fazer a “sua” propaganda do costume… Autor: João Dinis, jano

O Ministro da Agricultura visita o “Centro de Recria de Ovelhas Bordaleiras” da ANCOSE,   em …