Investidos mais de 640 mil euros no reforço da segurança na Linha da Beira Alta e Infra-estruturas de Portugal promete gastar este ano mais sete milhões naquela via

A Infra-estruturas de Portugal (IP) concluiu os trabalhos de estabilização do talude na Linha da Beira Alta, localizado na zona de travessia da freguesia de Abrunhosa-a-Velha, no concelho de Mangualde. A realização desta obra insere-se num mais vasto conjunto de intervenções, executadas pela IP em diversos taludes existentes ao longo da ferrovia, num total de mais de 640 mil euros, tendo em vista a reposição e melhoria das condições de segurança e níveis de disponibilidade e fiabilidade da infra-estrutura. Este ano, a empresa promete novas melhorias nesta ferrovia com investimento a rondar os sete milhões de euros.

“Trabalhos que envolveram a reparação e reforço dos taludes, a reabilitação dos sistemas de drenagem, a remoção de blocos rochosos e arvoredo em deficientes condições estabilidade e a colocação de rede de tripla torsão de modo a impedir a queda e invasão do canal ferroviário”, refere a Infra-estruturas de Portugal em comunicado. “Decorrente do investimento resulta a melhoria dos níveis de qualidade do serviço ferroviário. A concretização destes trabalhos permitiu repor as normais condições de circulação em cinco locais onde, provocadas pelas intempéries, haviam sido implementadas limitações de velocidade”, remata aquela empresa que promete continuar a investir na melhoria da via.

“A Linha da Beira Alta, principal ligação ferroviária nacional à Europa, faz parte da rede “core” da Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T) e integra o Corredor Ferroviário de Mercadorias nº 4. Dada a relevância e o carácter estratégico deste corredor, até à concretização dos investimentos programados no quadro do Plano Ferrovia 2020, e alinhados com estes, torna-se fundamental prosseguir com acções de manutenção corrente e alguns investimentos de renovação, essenciais para garantir a segurança e os níveis de fiabilidade da infra-estrutura de via. Nesse sentido, a Infra-estruturas de Portugal vai realizar na Linha da Beira Alta, ao longo de 2017, varias acções de melhoria das condições da infra-estrutura e tratamento de taludes, num investimento previsto da ordem dos sete milhões de euros”, concluiu.

 

LEIA TAMBÉM

Fogo em duas localidades do concelho de Oliveira do Hospital já foi dominado

Situação em Góis “é preocupante” e pode agravar-se

O comandante operacional da Protecção Civil, Vítor Vaz Pinto, disse hoje que o incêndio de …

Fogo activo com “muita intensidade” em Góis

O incêndio que deflagrou no sábado, no concelho de Góis, distrito de Coimbra, “permanece activo” …