Investigação de violência doméstica resulta em detenção por posse ilegal de armas em Trancoso

A GNR deteve no dia 2 de Março, um homem de 54 anos, por posse ilegal de armas, na localidade de Guilheiro – Trancoso. A investigação, conduzida pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vitimas Específicas, do Comando Territorial da Guarda, teve por base um inquérito por violência doméstica que culminou na realização de quatro buscas (duas domiciliárias e duas não domiciliárias).

O detido foi constituído arguido e tendo-lhe sido aplicadas como medidas de coação, o afastamento da vítima controlado através de vigilância electrónica e apresentações bissemanais no posto policial da área de residência.

As autoridades apreenderam durante as investigações uma caçadeira calibre 12, uma carabina calibre.22, um revólver.32, duas pistolas (6,35mm e 7,65mm), um bastão artesanal, 115 munições de diversos calibres e sete foguetes.

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD acusa executivo Tábua de não reflectir nas contas dívidas de 1,5 milhões

O candidato do PSD à Câmara Municipal de Tábua, José Pereira, acusa o actual executivo …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Autoridade Nacional de Protecção Civil alerta para risco de incêndios nos próximos três dias

O Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) …