Três incêndios no distrito da Guarda, um deles Alvoco da Serra, Seia

Já foram detidos este ano 30 incendiários e área ardida já vai em 65 por cento do total do ano passado

Os incêndios são um problema característico do verão e este ano o cenário parece piorar. O Diário de Notícias dá conta que já arderam este ano já mais de 13 mil hectares e que foram detidas 30 pessoas em flagrante delito quando provocavam incêndios. Os dados, ainda provisórios, referem-se ao intervalo de 1 de Janeiro a 25 de Maio deste ano, tendo sido registadas 4897 ocorrências pelo Instituto da Conservação da Natureza e Floresta (ICNF).

O mesmo diário explica que outras 436 foram identificadas pela GNR por suspeita de prática do mesmo crime. A mesma publicação adianta que o ICNF considera elevados os 13 mil hectares de área já ardida, o que corresponde, ainda antes de se entrar na fase critica, a mais de 65 por cento da área que ardeu em todo o ano passado: 19 867 hectares. Recorde-se, porém, que 2014 registou o valor mais baixo dos últimos 35 anos.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …

Subida de temperatura e risco elevado de incêndios no interior nos próximos dias

Onde de calor vai continuar, com as temperaturas a rondar os 30 graus

O calor vai continuar a fazer-se sentir no continente, com as temperaturas a rondar os …