João Dinis queixa-se de “ditadura da maioria” em Ervedal e Vila Franca da Beira

O ex presidente de Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira e candidato derrotado à União daquela freguesia com a de Ervedal da Beira não aceita a forma como o PS procedeu à constituição do executivo, ao deixar de fora a segunda força mais votada, a CDU.

“Usando e abusando da sua maioria absoluta na Assembleia de Freguesia, o PS não aceitou fazer eleger um dos Vilafranquenses (João Dinis ou Alice Pereira Lameiras) – eleitos pela CDU – para a nova Junta de Freguesia nem, sequer, para a Mesa da Assembleia de Freguesia. Assim, antidemocraticamente, o PS fez questão em não respeitar a vontade dos Vilafranquenses expressa na votação da Mesa Eleitoral de Vila Franca da Beira”, refere João Dinis.

Em comunicado, o eleito pela CDU lembra que na mesa eleitoral de Vila Franca da Beira , a CDU teve 217 votos e o PS apenas 59, acabando porém o PS por ganhar no total dos votos na nova União das Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira, ficando com a maioria absoluta (5 eleitos) na nova Assembleia de Freguesia, onde a CDU tem três eleitos e o PSD um eleito.

Na sessão de tomada de posse, realizada no dia 18 de outubro – conta Dinis – a maioria PS fez eleger os dois “vogais” – o Secretário e o Tesoureiro – da nova Junta de Freguesia, e que assim se juntam ao Presidente da Junta, também do PS. Foram ainda eleitos, pelo PS, o presidente e os dois secretários da Mesa da nova Assembleia de Freguesia da União das Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira. “Por imposição partidária, o PS excluiu a CDU e os seus eleitos quer da Junta quer da Mesa da Assembleia de Freguesia. Desta forma, o PS não quis juntar, não quis unir, todas as forças e vontades da União das duas freguesias”, reage o vilafranquense, notando que “com 12 anos à frente da freguesia de Vila Franca da Beira, os eleitos da CDU têm experiência e capacidade para desempenharem bem a tarefa”.

No arranque do novo mandato autárquico, Dinis vai ainda mais longe, criticando “certas afirmações já proferidas pelo presidente da Junta (PS) acerca da forma como pretende “governar” a União das Freguesias”. “Fazem recear uma prática assim ao jeito do “eu quero, posso e mando” a coberto de uma “ditadura da maioria”. Será pois muito mau se isso se confirmar”, regista. “Mas, nós CDU, nós cá estaremos – democraticamente – para apresentar propostas concretas e travar tais tendências pouco democráticas de alguns dos eleitos PS”, conclui.

LEIA TAMBÉM

IP3 cortado na zona de Penacova devido a avaria de pesado

A avaria de um pesado, pelas 14 horas, provocou o corte do trânsito no IP3, …

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …

  • Carlos Gouveia

    Mas alguém está à espera de alguma coisa boa desta maioria absolutíssima?

  • Erasmo de Roterdão

    Pois claro.Eles que governem bem.A CDU que se oponha muito bem..! Não foi isso que disse o seu Camarada Lopes, na tomada de posse da AM..? O João Diniz queria o quê? Perder e governar..? A democracia é generosa mas, tem regras..!

  • Erasmo de Roterdão

    “Carlos Gouveia”: Se calhar não.Mas, como foi ela que ganhou, vai ter que “engolir a sarda”..! Você resistiu.Não conseguiu.O conselho é que relaxe e goze..! Isto não é para tótos.. Perdão “Carlos Gouveias”…

    • Carlos Gouveia

      Não, não é. É só para aqueles que tem “coragem” para usar a política para seu benefício pessoal!

  • Erasmo de Roterdão

    “Gouveia”: Desiste. Ainda agora levaste um monumental porradão e já estás outra vez a armar em parvo..? Os socialistas não sabem escolher quem mais lhe convém? O homem, para ser eleito, não tem que ir a votos..? Dás-te assim tão mal com a democracia ou ignoras o que isso é..? Deixa-te de “Gouveiices”.Actualiza-te rapaz… e respeita…podes dizer-nos qual é o proveito pessoal..?

  • Antonio

    Duas vergonhas:
    1) Como é possível ataques deste nível vindos do Jano, funcionário do Partido Comunista, sem que o Correio da beira Serra ouça a outra parte? Que raio de jornalismo é este?
    2) O “camarada Lopes” deveria optar pela contenção que o cargo político lhe oferece e deixar-se de protecções a aves raras do tipo “Janis Desbucadis”
    3) Os Janos e os Gouveias que aprendam a respeitar a vontade do Povo expressa nas urnas
    4) Para ditaduras já chegou o Salazarismo e o Estalinismo