João Perna terá admitido que aceitou depositar dinheiro para as despesas de Sócrates

O antigo motorista de José Sócrates terá admitido que aceitou depositar dinheiro e pagar despesas do antigo primeiro-ministro, adianta hoje o semanário Sol. João Perna terá admitido estes factos num interrogatório que antecedeu a sua saída de prisão preventiva, para passar a prisão domiciliária.

A informação é avançada pelo semanário Sol, que a terá apurado junto de uma fonte conhecedora da investigação, pode ler-se na edição desta sexta-feira.

Inicialmente, aquando da sua detenção, a 20 de Novembro, o antigo motorista terá optado por não prestar declarações, mas a estratégia terá mudado, acompanhando a mudança de advogado.

Esta semana, foi decidida a alteração da medida de coação, que permitiu a João Perna passar o Natal em casa, ainda que em prisão domiciliária.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …