João Perna terá admitido que aceitou depositar dinheiro para as despesas de Sócrates

O antigo motorista de José Sócrates terá admitido que aceitou depositar dinheiro e pagar despesas do antigo primeiro-ministro, adianta hoje o semanário Sol. João Perna terá admitido estes factos num interrogatório que antecedeu a sua saída de prisão preventiva, para passar a prisão domiciliária.

A informação é avançada pelo semanário Sol, que a terá apurado junto de uma fonte conhecedora da investigação, pode ler-se na edição desta sexta-feira.

Inicialmente, aquando da sua detenção, a 20 de Novembro, o antigo motorista terá optado por não prestar declarações, mas a estratégia terá mudado, acompanhando a mudança de advogado.

Esta semana, foi decidida a alteração da medida de coação, que permitiu a João Perna passar o Natal em casa, ainda que em prisão domiciliária.

LEIA TAMBÉM

Moléculas da cerveja desvendadas na Universidade de Aveiro

Fragrâncias frutadas, vegetais e aromas tostados ou a caramelo provenientes do lúpulo ou do malte. …

Costa assina despacho para iniciar pagamento das indemnizações das vítimas dos incêndios

O Primeiro-ministro assinou hoje um despacho para que se proceda ao pagamento das primeiras indemnizações aos …