José Carlos Alexandrino acredita que auto de consignação de requalificação da EN 17 será assinado até Fevereiro

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está convencido que em Janeiro, o mais tardar Fevereiro, será assinado na autarquia oliveirense o auto de consignação para a reparação da EN17. José Carlos Alexandrino garante que tem mantido reuniões “ao mais alto nível”, mas diz não fazer comentários sobre as mesmas, porque “está farto de promessas que depois não se concretizam”. O vereador do PSD, e líder da concelhia social-democrata, lamenta que se vá passar mais um Inverno com aquela via num estado lastimável devido à atitude do actual Governo que revogou um contrato que o anterior executivo já tinha estabelecido.

José Carlos Alexandrino também reconhece que o problema da EN 17 já deveria e poderia estar resolvido há muito tempo. “Mas vai ser agora”, conta. “Estou convencido que em Janeiro o mais tardar Fevereiro será assinado aqui na Câmara o auto de consignação”, referiu o autarca oliveirense que ainda recentemente em Vide (Seia) entregou em mãos um conjunto de reivindicações ao próprio Primeiro-ministro, António Costa. “São reivindicações justas. Depois disso tenho mantido reuniões ao mais alto nível que não anunciei, nem vou anunciar, porque há uma data limite para me entregarem um documento. Já ouvi muitas promessas que depois não se concretizam. Não quero criar falsas expectativas nas pessoas”, sublinhou. E não avança qualquer data para o arranque das obras. “Isso terá de perguntar ao Ministro do Planeamento e das Infra-estruturas”, diz.

O vereador do PSD João Brito, , por seu lado, lembra que o executivo liderado por Passos Coelho já tinha assinado o contrato que visava a reparação de parte da EN 17 e que se tivesse avançado permitiria que nesta altura parte dos problemas estivessem resolvidos. “Só que o actual Governo rescindiu com a empresa que deveria executar a obra, simplesmente para não gastar dinheiro, baixar o défice e financiar o sector público”, acusa, considerando que os socialistas oliveirenses não têm grandes razões para dar mérito a esta medida. “A verdade é que as obras, a concretizarem-se, vêm com um ano de atraso apenas e só por causa deste Governo”, rematou.

LEIA TAMBÉM

Dia Mundial dos Médicos de Família volta a sinalizar problemas de consultas com o médico de família em Oliveira do Hospital

O dia Mundial dos Médicos de Família, que decorreu na sexta-feira, voltou a chamar a …

Festival “Origens” de Travanca de Lagos agendado para o próximo fim-de-semana

Os Jovens da Liga de Travanca de Lagos apresentam, de sexta-feira a domingo, mais uma …

  • António Lopes

    JCA, farta-se de acreditar em “coisas”. Agora até acredita que vai mudar uma direcção de Associação de que não gosta.Para isso nada melhor que “estimular”um conjunto de pessoas que nem sócios são..!Mas se eu fui, com 70% dos votos, quem sabe, o homem até consegue..! Anda por aqui uma “democrácia”..!