José Carlos Alexandrino considera prioritário financiamento para recuperar empresas afectadas pelos incêndios

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital mostrou-se hoje mais preocupado com a recuperação das empresas atingidas pelos incêndios de Outubro do que em atrair novos investimentos. José Carlos Alexandrino falava no final de uma reunião que decorreu em Santa Comba Dão, onde marcaram presença o primeiro-ministro, António Costa, e cerca de 40 autarcas da região Centro. O autarca considerou que a linha de financiamento para captação de novas empresas, no valor de 80 milhões de euros, que entrou hoje em vigor para financiar novas empresas é para uma fase que “deve ser posterior”.

“Esta é uma boa medida do Governo, mas, como disse ao senhor Primeiro-ministro, neste momento preocupa-me mais que os apoios cheguem rapidamente aos que já lá estão e que é preciso recuperar”, afirmou. “Precisamos é que cheguem rapidamente todos os apoios aos empresários de Oliveira do Hospital para que voltem a laborar”, acrescentou. Ainda sobre a captação de novos investimentos para o seu concelho, o José Carlos Alexandrino voltou a insistir na necessidade da construção do IC6, “pelo menos até à zona industrial” daquela cidade.

Já o presidente da Câmara de Mortágua, José Júlio Norte considerou o valor de 80 milhões de euros reduzido. “Penso que é uma boa medida, nas parece-me pouco para uma região tão grande”, considerou, defendendo a necessidade de investimento em infraestruturas que alavanquem a reconstrução dos concelhos, nomeadamente o IP3/autoestrada.

O Primeiro-ministro António Costa, por seu lado, defendeu, ao final da manhã de hoje, a importância de se apostar na revitalização do interior, através da captação de investimento, que gere emprego e fixe população. “Todos partilhamos do mesmo diagnóstico, de que temos um problema estrutural que tem a ver com a revitalização do interior. É fundamental apostar na revitalização do interior através da atracção de investimento”, destacou.

LEIA TAMBÉM

Presidente da CM de Oliveira do Hospital indignado por FPF esquecer Coimbra e quer jogo de solidariedade da selecção naquela cidade

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, criticou a Federação Portuguesa …

Caça praticamente proibida no concelho de Oliveira do Hospital até Maio de 2018

A caça está proibida até 31 de Maio de 2018 nas zonas consumidas pelos fogos, …

  • Luciano Re

    Não passamos disto. Reuniões e mais reuniões. Mtos almoços, mta conversa da treta. Apurar responsabilidades, resolver as desgraças, bola.