José Carlos Alexandrino diz que transformou Oliveira do Hospital “numa cidade da moda, com pujança” e que “cria inveja” em outros concelhos

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital disse no sábado, durante o hastear da bandeira azul na praia fluvial de Alvôco de Várzeas, que foi preciso ele e a sua equipa chegarem ao poder, em 2009, para dar continuidade ao trabalho de César de Oliveira (presidente da autarquia entre 1989 e 1993). O autarca lembrou que foi aquele professor que elevou Oliveira do Hospital a cidade, mas foi ele, José Carlos Alexandrino, que a transformou num centro que causa inveja a outros concelhos.

“Se virem em relação ao Continente e a outras superfícies, hoje Oliveira do Hospital é uma cidade pujante, que está na moda e provoca invejas de alguns concelhos mais ou menos periféricos”, disse em declarações reproduzidas pela Rádio Boa Nova. O autarca sublinhou ainda que não tem culpa da “inveja” que provoca nos outros. Garante que está apenas a seguir o caminho para o qual foi eleito. “Não tenho culpa, as pessoas elegeram-me para fazer do meu concelho um dos melhores da zona centro e do país”, atirou.

José Carlos Alexandrino disse ainda que “Oliveira do Hospital era uma cidade fechada em termos de ambiente, onde havia um clima de medo e caciques desse clima de medo”, mas, com a sua equipa a dar continuidade ao trabalho desenvolvido por César de Oliveira, hoje tudo é diferente. “Vai entrar no âmbito de uma candidatura ao plano estratégico de desenvolvimento urbano onde estão 501 cidades da Europa”, apontou a título de exemplo, sublinhando ainda que no período da governação de César de Oliveira houve muitos que não queriam que Oliveira do Hospital fosse cidade. “Sei que isto dói a alguns, mas tenho de o dizer: César de Oliveira criou a cidade, mas foi preciso, eu e a minha equipa, chegarmos ao poder para Oliveira do Hospital ser uma cidade de pleno direito”, concluiu.

LEIA TAMBÉM

Venceslau Fernandes venceu segunda etapa em Oliveira do Hospital e lidera Volta a Portugal do futuro

O ciclista Venceslau Fernandes (Liberty Seguros-Carglass) venceu hoje a etapa rainha da Volta a Portugal do …

Oliveira do Hospital recebe amanhã a segunda etapa da 26ª Volta a Portugal do Futuro

Oliveira do Hospital recebe amanhã a segunda etapa da 26ª Volta a Portugal do Futuro Liberty …

  • Scolari

    O presidente tem este discurso e o burro era eu?

  • António Silva

    O Grande Alex é como o sapo, incha, incha, incha e um dia pummmmmmmmmmmmmmm, rebenta. Mas, meus amigos, temos de reconhecer que Oliveira do Hospital tem grandes obras, grandes superfícies, um presidente convidado para liderar um projeto nas eleições legislativas e também o presidente mais narcisista do mundo. O homem perdeu por completo a noção do ridículo?

  • Politicalex

    É verdade..Projectos de saúde revolucionários.Imigrantes de portas e braços abertos.Três contas diferentes para as despesas da Expo.Dez contas diferentes para a água.Contas à deriva em espaços temporais.Partidos do grande engenheiro com convite para primeiro ministro. Programas de televisaaoo onde espraia a sua vasta cultura.Continentes a abafar o mercado local. ESTGOH, que há dez anos é a prioridade de Oliveira para as terras do nunca. Estádios de futebol relvados à razão de um por cada 100 km quadrados(10X10).Bandeirinhas e angariadores de votos tudo empregado…O homem tem razão…OLiveira é uma cidade da moda, da fantasia, do faz de conta..! Ja agora : O que leva o homem a dizer isso? Ele vive no mesmo concelho que nós..?

  • Cambada de Invejosos

    Este homem tem de facto um ego do tamanho do Mundo.Ó alminha mas o que é que há neste Concelho, politicamente falando, que seja motivo de inveja? Tábua não tem quem trabalhe. Nelas e Seia idem. Não vê aqui uma noticia que vão abrir duas lojas do cidadão em Arganil? O que há aqui que dê inveja. Até quem trabalha o incomoda…Vai abrir o Hotel das Caldas. Lembra-se do que complicou? Inveja do quê? Isso já é demência. Ou é dos espectáculos políticos que proporciona? Já esqueceu a Drª.Ana Abrunhosa? “Mas vocês não se calam”..? Tem que ser sempre o “cu” do Mundo…Tristeza…Se o ridículo matasse…

  • António Lopes

    Face a uma notícia publicada num jornal da nossa praça,onde o Sr.Presidente da Câmara apela à mobilização das forças políticas para uma grande manifestação pela construção dos ICS, apelo feito na última Assembleia Municipal, e porque sou pouco dado a demagogias, e porque foi prometido que se tiravam consequências se os ICs, não fossem feitos e elas não se tiraram,.Porque sabemos que os ICs não foram feitos, porque Bruxelas não deixa.E porque sabemos que, mesmo que o PS ganhe não os vai fazer, porque Bruxelas não deixa, deixo o meu reparo crítico.Fora de período eleitoral, não obstante Bruxelas não deixar, contem comigo.Deixo comentário já feito há dias e aqui publicado:

    O que se espera é que não demorem muito..! Já ando a ouvir falar em marchas de protesto desde 2005.Depois disso, o PS já foi Governo 6 anos e meio…Se estivesse muito interessado,por certo os ICS já estavam construídos.António Guterres e o PS foram governo de 28-10-1995 a 6 -4- 2002.Em 1997 abriu 12 Km entre o Porto da Raiva e Catraia dos Poços.Ainda foram governo mais 5 anos.a dívida Pública era de 50%.Não
    havia Troika.. Não avançaram porquê? O que faltou? Quanto a mim só vontade. Este mesmo governo construiu quase toda a A23 e a A6 que está às moscas.Construiu parte da A8 que está às moscas e é paralela à A1. com um afastamento de menos de 20Km ..!Sócrates e o PS voltaram a ser governo de 12-03-2005 a 21-06-2011.Fizeram até ao nó de Tábua.A Dívida Publica era de 60%. Não acabaram os ICs porquê? O que faltou? Quanto a mim, só vontade..!Neste intervalo o PSD governou 35 meses, com dois
    primeiros ministros.Barroso e Santana.Eram estes que tinham que fazer a estrada,em 35 meses..? O actual governo herdou uma dívida de mais de 100%,com a escondida 124%. Bruxelas não deixa fazer.Exigir o quê e para quê? Há quem pense que em Portugal se manda alguma coisa.O PS, até pelo memorandum que assinou, sabe bem que é assim.pelo que, esta falácia é só demagogia e eleições. Em 2007, fez-se um protesto automóvel contra o encerramento do Centro de Saúde.O PS teve que mudar de ministro(Correia de Campos) devido aos protestos pelos ataques à saúde.
    Na assembleia Municipal, de Dezembro de 2007, foi aprovada uma moção onde se protestava contra o encerramento da Extensão Agrária e o Tribunal.Quem governava Portugal nessa data? Há dias foi feito na Lageosa, um “Fórum das Freguesias” em defesa dos serviços de proximidade.Então quem é que encerrou e queria encerrar esses serviços,como atrás referido? A politica é uma arte nobre. A demagogia
    sempre foi condenável.Não será por acaso que as sondagens são o que são.Espero
    que o PS ganhe.Lá para Janeiro já temos os médicos, as máquinas nos ICS.Já temos as reformas repostas e um pouco mais à frente,a troika, outra vez.Valha-nos Deus..A ideia de que somos todos parvos…

  • Guerra Junqueiro

    A moda é o facto mais comum, aquele que ocorre com maior frequência. Oliveira, infelizmente está sempre na moda relativamente ás suas congéneres. Está na moda por ter mais vezes as contas erradas, está na moda por apresentar vários resultados para o mesmo evento, está na moda por mais vezes não apresentar resultados.
    Oliveira do Hospital está na moda por incapacitação, tal como a vereação.
    Para lhe explicar a moda Sr Presidente, vamos imaginar que temos um grupo de dez homens com incapacidades. Dois com 30% de incapacidade, três com 40% de incapacidade, um com 50% de incapacidade e quatro com 60% de incapacidade.
    Estar na moda era estar 60% incapaz.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

    • Assurancetourix Das Beiras

      Mesmo a mediana seria má…

  • Cambada de Invejosos

    Estar na moda é andar a dizer que é o melhor do Mundo, a espalhar competência edepois, quem de direito, deixar umas recomendações de correcção e umas críticas de gestão arrasadoras…Eles é que pensam que ameaçando a torto e a direito conseguem esconder as incompetências…Também está na moda aqueles empregos à arcial e à vales…

  • Sanidade mental

    Pirou completamente. O Presidente está doido.

  • Folha de couve

    Alex, na moda pela positiva está o Presidente de Tábua, vai ler a entrevista que ele dá à tua quase funcionária.

  • Fashion

    Com este calor…
    Refresquem-me a memória…
    Creio que este “slogan” já foi usado em muitas ocasiões, autarquias…

    Quem +e que , há uns bons anos, afirmou que era a Figueira da Foz que estava na moda?

  • Ele & Ela

    Mas será que não há aí por Oliveira uma alma caridosa que leve o “Presidente” ao psiquiatra? O homem está cada vez pior! Não diz nada que preste!

  • Fashion

    Absolutismo…
    Pois..
    Parece que a História não serve de nada, neste – cada vez mais alfobre, de gente, que nasce, cresce e, quando chega a adulto, ele ou ela, emigra , e leva os filhos, como sempre – concelho.
    Não se trata de “populismo”.

    Tudo isso, e isto, já foi mais do que testado em tantas autarquias ( e até regiões autónomas!) e deu nos resultados que deu – afora as dívidas que ficaram.
    Parece-nos, e isto é quase como um aviso de navegação aos interessados -afinal, todos Os que (ainda) vivem no concelho de Oliveira do Hospital, independentemente da sua condição social, das suas responsabilidades em órgãos autárquicos, ou Associações, etc, etc, das suas convicções, têm, no curto prazo, de recordar esses períodos da nossa História, em que, apesar de regime monárquico, os reis se consideravam representantes de deus…absolutos.

    É verdade que a História “não se repete”.
    Mas, com estas atitudes de autarcas, parece que , ao invés de se responsabilizarem pelos termos que assinaram aquando da sua tomada de posse, cada vez mais nos aproximamos – e são os factos que por si falam, se exprimem, assim o demonstram – de uma “democracia” com raízes absolutistas, contornos de Clãs, mais ou menos, parece que regressámos aos tempos do “Rei Sol”.

    Lamentavelmente.