José Carlos Alexandrino sofre nova derrota no confronto na Justiça no caso do empreendimento turístico das Caldas de S. Paulo

José Carlos Alexandrino garante que projecto revolucionário vai deixar Oliveira do Hospital “com saúde de ponta”

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital fez um balanço positivo do encontro que, anteontem, teve com o secretário de Estado adjunto da Saúde, segundo a Rádio Boa Nova. José Carlos Alexandrino, juntamente com o presidente do Conselho de Administração da Fundação Aurélio Amaro Diniz, terá apresentado um projecto que classifica de “um projecto revolucionário” na área da saúde e que, no imediato, tem por objectivo a cobertura “total” do concelho com médicos. Com este projecto, garantiu o autarca, Oliveira do Hospital ficará com “saúde de ponta”.

A participar na comemoração do 1º aniversário da Unidade de Cuidados na Comunidade Pinheiro dos Abraços que decorre ao longo de todo o dia na Casa da Cultura, o presidente da Câmara Municipal revelou-se “satisfeito” com a forma como Fernando Leal da Costa se posicionou, relativamente ao que se passa num concelho, onde cerca de 51 por cento da população não tem médico de família. “Ele percebe de saúde e das nossas dificuldades e ficou muito surpreendido com o projecto de revolucionarmos a saúde em Oliveira do Hospital”, referiu o autarca àquela rádio local, adiantando que, nas próximas três semanas, conta receber o secretário de Estado em Oliveira do Hospital para juntamente com outros interlocutores, nomeadamente a ARS Centro, definirem o caminho a seguir.

José Carlos Alexandrino recusou-se a avançar, segundo a Rádio Boa Nova, os pormenores do projecto que diz ser “revolucionário” e que permitirá a ” Oliveira do Hospital ficar com saúde de ponta”. Explicou, porém, que não é possível de imediato ao município, por falta de mecanismos legais, assumir a gestão da saúde no concelho. O que se pretende, diz, “é cobrir o total do concelho com médicos”, ficando para mais tarde a responsabilidade com as instalações dos serviços de saúde.

LEIA TAMBÉM

Tragédia dos incêndios em Oliveira do Hospital: cinco mortes, destruição, luto e escolas encerradas

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital decretou hoje três dias de luto municipal em …

Comentários aos resultados eleitorais em Oliveira do Hospital. Autor: João Dinis, Jano

Grande vitória da CDU na Freguesia de Meruge!  A nível municipal, porém, sai muito ferida …

  • Bicos de papagaio

    Que bom Sr Presidente, tenho uns bicos de papagaio e dói-me mesmo na ponta, com este processo revolucionário lá vou ficar curado.

  • Democracialex

    “Revolucionário”…Ontem, na apresentação do livro do Fernando Correia houve vatapação(jantar).Quem pagou, não sei.Não fui convidado.O que sei é que todos os que não batem palmas ao Alex, só cheiraram.Nenhum foi convidado. E vai ser assim daqui para diante. Parece que nem a pagarem impostos os quer…”Não quer nada com essa gente”…”Revolucionário”…

    DEMOCRACIALEX

  • Ó doente vai-te embora

    Vem aí a revolução na saúde, expulsar os doentes.

  • Politicalex

    Considerando que por cada nascimento temos dez óbitos, a curto prazo/médio prazo, temos muita gente com o problema “resolvido”. E vamos ter muito menos gente com o “problema” por resolver”..Verdadeiramente “REVOLUCIONÁRIO”. Costuma chamar-se-lhe DESERTIFICAÇÂO…E nem precisa de médicos. O Altíssimo faz a “revolução”…

  • Guerra Junqueiro

    Este “projecto revolucionário” que nos vai trazer uma “saúde” de ponta”, não passa de mais um “placebo político” do Sr Presidente.
    Não dá conta do ridículo, são umas “palhaçadas” atrás das outras.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

  • trambolho

    Ó Trambolho já que és tão inteligente e todos te dão ouvidos, porque não ajudas o teu governo a preocupar-se mais com as pessoas? é que parece que este problema não é só em Oliveira e a resolução não está fácil e já dura há tempo demais. Entretanto as urgências estão o caos e as pessoas? vão morrendo!
    Eu sei que é melhor ter os cofres cheios não algum banco precisar.

    Também sei que o que tu querias era que por aqui se cruzasse os braços e não se fizesse nada – um pouco à tua imagem, mas não!

    Ora vê lá:

    “1,5 milhões de portugueses sem médico de família” – DN

    Será culpa do Alex?

    “Governo admite recorrer a IPSS para responder a falta de médicos de família”

    “O Ministério da Saúde confirmou quinta-feira a intenção de discutir o alargamento da lista de utentes por médico de família, mas sublinhou que ainda não está definido um limite máximo.”

    Muito bem!! Isto é que é solução! É atendimento tipo caixa de supermercado?

    “Em reação, a Ordem dos Médicos do Norte considerou que aumentar o número de utentes por médico de família “compromete a qualidade do ato médico”, vendo a medida como “um sinal claro e inequívoco do desnorte da política de Saúde”.

    • Adjunto de ordens

      “Trambolhinho”: E não sabes quem começou a tratar desta saúde? Foi um Senhor chamado Correia de Campos (PS), um guru da coisa, que andou aí com umas UBSs (Unidade Básica de Saúde). Na altura até se fez uma manifestação para não fecharem o Centro de Saúde.Lembras-te?
      “Tem um projecto revolucionário” mas não diz qual é… Vai receber o Secretário de Estado e a ARS para decidir o caminho…Já fico mais descansado.A revolucionarite é só mais um fogacho “Alexiliano”…é mais uma “guerillha com sangue e dor”..! Que a saúde melhor e alguém o trate. Os últimos desenvolvimentos não pressagiam nada de bom..!

    • Respeitoaopróximo

      Deves ser um dos bandeirinhas do Alex & Cª.

      • Adjunto de ordens

        Não é.. é oque fazia pior e infernizava o Mário Alves e , agora, é conselheiro político para a área da Comunicação…Um espanto …Criou-se ali um ninho..! É só competência e largos curriculluns.. Se não fosse o chapeu do Estado era só “fome e cabelo comprido”…Por isso se defendem tanto…

        • Enfiam-nos o barret

          Tem muito mais valor o Senhor que está “sem abrigo” do que essa escumalha toda que se passeia pelas festas, pelas feiras e pelos futebois.
          Pobre Oliveira que merecia outro destino.

          • Respeitoaopróximo

            E pelas jantaradas a pagar a Câmara.Isto a que anda por aqui um descalabro.Ai Oliveira,Oliveira com quem estás metida.Nós Oliveirenses temos que o mandar para a rua.Que vá para a terra dele que não deixa saudades

  • Adjunto de ordens

    Eu ando com a “ponta derrubada”. A “ponta” costumava acordar de manhã, mas ultimamente está sempre a dormir…Será que esse projecto de “ponta” me vai trazer a “ponta” de volta..? Ai Deus o oiça… Até lhe dou um beijinho na…”ponta”…

  • Rebuçados

    Alex, estás em grande começa o discurso do desespero.

    Tu é que devias ir para ponta do c*r*lh*

  • Ele & Ela

    Não consigo acreditar em nada que este “presidente” diga e muito menos em promessas dele!