José Carlos Mendes insurge-se contra política de “filhos e enteados, vingança e prepotência”

Numa grande entrevista concedida hoje ao correiodabeiraserra.com, o cabeça-de-lista daquele movimento de cidadãos independentes, José Carlos Mendes, assegura que o processo de constituição das listas está praticamente concluído.

“Ainda não fechámos o processo, mas serão poucas as juntas de freguesia onde não vamos concorrer (…) posso garantir que estamos a construir grandes equipas”, referiu a este diário digital o ex-presidente da concelhia do PSD local, adiantando ainda que o advogado Nuno Freixinho é uma das figuras que integrará a lista candidata à presidência da Câmara de Oliveira do Hospital.

Muito crítico em relação à gestão de Mário Alves – esta entrevista estará disponível na próxima quarta-feira –, Mendes não deixa também de denunciar a existência de um clima de “medo generalizado na maior parte das pessoas. Principalmente aquelas que têm relações com a Câmara Municipal”, frisa o candidato independente. 

“Isto é muito mau e não devia acontecer, porque entendemos que não pode haver filhos e enteados, vingança e prepotência. Quando ganharmos a CMOH com certeza tudo isso vai acabar e vamos ter com os munícipes uma relação muito próxima e correcta”, observa José Carlos Mendes num tom onde a convicção da vitória está sempre presente ao longo da entrevista.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …