Jovem morreu nos HUC depois de aparatoso acidente em Vendas de Galizes

Paulo Jorge Aleixo, de 32 anos, faleceu ao final da manhã de ontem nos HUC onde deu entrada de madrugada com ferimentos graves na sequência da colisão frontal, em que esteve envolvido na EN 17, junto a Vendas de Galizes, na conhecida “curva da morte”.

À hora a que aconteceu o acidente, 01h30, a vítima mortal seguia com a esposa, com cerca de 30 anos, em direção à Venda da Esperança, onde tinha residência, depois de, ao que tudo indica, fechar o café que explorava na Catraia de S. Paio, junto à unidade de confeções Davion. A viatura em que seguia o casal terá embatido frontalmente com uma outra viatura ligeira que seguia no sentido contrário e que era conduzida por um funcionário da Câmara Municipal de Tábua.

Da colisão resultaram três feridos, sendo que o casal foi o que, no imediato, inspirou mais cuidados aos bombeiros – a corporação de Oliveira do Hospital prestou o primeiro socorro às vítimas- que logo procederam ao seu encaminhamento para os Hospitais da Universidade de Coimbra. Com ferimentos de menor gravidade, o condutor da outra viatura foi assistido no Serviço de Urgência Básica de Arganil, sendo posteriormente encaminhado para os HUC.

Paulo Jorge Aleixo acabou, porém por não resistir à gravidade dos ferimentos tendo o seu falecimento sido confirmado ao final da manhã de ontem. A esposa foi entretanto sujeita a intervenção cirúrgica bem sucedida, pelo que se encontrará fora de perigo.

O jovem de 32 anos era pai de dois meninos, um de 13 e outro de oito anos que frequentam a Escola de Midões em Tábua. O corpo do jovem vai estar em câmara ardente na capela da Venda Esperança. As cerimónias fúnebres realizam-se amanhã, a partir das 14h30 na Igreja Matriz de Covas.

O falecimento de Jorge Aleixo vem engrossar o número de vitimais mortais verificadas na EN 17, em particular na designada “curva da morte”. Refira-se que a via em causa tem assistido a um aumento do tráfego automóvel e de veículos pesados contribuindo para a perigosidade da EN 17 que regista um número de acidentes e de vítimas mortais superior ao verificado no IP3.

LEIA TAMBÉM

Bruno Amado ganha recurso e é confirmado como Presidente União de Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira

O presidente da União de Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira ganhou …

Câmara de Seia investe 750 mil euros na educação

A Câmara Municipal de Seia vai realizar um investimento de 750 mil euros durante este …