JS de Oliveira do Hospital quer “fazer bem pela nossa terra”

“Voluntariado e Associativismo: Fazer Bem pela Nossa Terra” foi o mote do jantar debate realizado no último sábado destinado também a dar posse à nova Comissão Política da Juventude Socialista de Oliveira do Hospital, coordenada por André Pereira.

Na iniciativa que contou com a presença de autarcas locais, dirigentes associativos e dirigentes da JS distrital e nacional, a estrutura local afirmou-se enquanto “entidade de dinamização social” apostada que está em levar por diante um conjunto de campanhas concretas de voluntariado, oferta cultural diferenciada, sensibilização social, educação política e dinamização do movimento associativo juvenil mobilizando-o para causas cívicas e para a reflexão dos problemas concretos da juventude.

Um trabalho para o qual a JS também desafia as demais juventudes partidárias, para que se iniciem esforços de auxílio aos mais carenciados, que haja discussão e debate político aberto e pedagógico, que no seu conjunto e com o esforço de todos, venham para o terreno e “Faça Bem pela Nossa Terra”.

Num claro apoio à equipa dirigida por André Pereira, o Secretário Geral da JS, João Torres, destacou a necessidade de “renovação dos partidos políticos, na transição para uma maior transparência, competência, responsabilização, solidariedade e fraternidade”. Um processo no qual – entende João Torres- “as juventudes partidárias devem assumir um papel preponderante”. O responsável não deixou também de se afirmar contras as política que “buscam o empobrecimento do país e a condenação de jovens qualificados à emigração”.

Preocupações também sentidas por António Campos, ex Eurodeputado e fundador do PS que aludiu, em concreto aos “graves problemas que põem em causa o futuro dos jovens e acima de tudo, impedem a fixação de jovens qualificados nos concelhos do interior, como é o caso de Oliveira do Hospital”.

“Uma equipa ativa e interventiva” é o que espera o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital da nova JS oliveirense, à qual já reconhece mérito pelo eventos que já teve oportunidade de concretizar. Aos jovens, José Carlos Alexandrino apelou a um trabalho conjunto “em prol da comunidade oliveirense”.

José Francisco Rolo, Presidente da Concelhia do PS, reforçou a ideia de que a Juventude Socialista deve assumir as suas responsabilidades e inserir-se na comunidade, através de ações que sirvam as populações.

LEIA TAMBÉM

CNE dá provimento a denúncias do PSD e pede explicações a José Carlos Alexandrino sob alegadas práticas que violam lei eleitoral

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) deu provimento a uma queixa apresentada pela concelhia do …

João Paulo Albuquerque acusa PS por não concluir IC6, pelo menos, até 2030

João Paulo Albuquerque considera que o IC6 não é uma prioridade, mas sim uma necessidade …