Legislativas 09: PS vence no concelho de Oliveira do Hospital com uma diferença de 250 votos

O PS foi o partido mais votado nestas eleições legislativas, ao somar 4.925 votos (38,99%), contra 4.675 (37.02%) do PSD. Em causa está uma diferença de 250 votos entre os dois principais partidos.

Ao nível das 21 freguesias do concelho de Oliveira do Hospital, o PS registou uma maior votação em nove freguesias (Alvôco das Várzeas, Bobadela, Ervedal da Beira, Lagares da Beira, Lagos da Beira, Penalva de Alva, Meruge, S. Paio de Gramaços e Lajeosa), enquanto que o PSD saiu vencedor em onze (Oliveira do Hospital, Nogueira do Cravo, Seixo da Beira, Vila Franca da Beira, Vila Pouca da Beira, S. Gião, Aldeia das Dez, Avô, Santa Ovaia, Lourosa e S.Sebastião).

PSD e PS empatam em Travanca de Lagos e na Bobadela socialistas ganham com um voto de diferença

Em Travanca de Lagos, registou-se um empate entre PSD e PS, com ambos os partidos a somarem 234 votos. Na Bobadela, o PS (163) teve apenas mais um voto do que o PSD (162) e, na cidade, o PSD (954) ganhou ao PS (948) com uma diferença de escassos seis votos.

Os dois melhores “scores” eleitorais do PS registaram-se em Alvôco das Várzeas, onde os socialistas obtiveram 59,09 por cento dos votos contra 26,45 % do PSD e, em Lajeosa, freguesia onde o PS arrecadou 56,32% e os social-democratas 27,89 %.

As duas maiores votações do PSD – em termos percentuais – registaram-se em duas das mais pequenas freguesias do Vale do Alva. Em S. Sebastião da Feira, o partido de Manuela Ferreira Leite ficou com 55,71 % dos votos e o PS com 32,14 %; na freguesia de S. Gião, o PSD subiu aos 50,83 % e o partido de José Sócrates quedou-se nos 28,61%.

Na terceira freguesia do concelho com maior número de eleitores – Nogueira do Cravo – o PS (497 votos) perdeu, mas ficou apenas a 23 votos do PSD, que atraiu 520 eleitores.

 Bloco de Esquerda conquistou mais 501 votos, comparativamente a 2005

Em termos locais, uma das maiores surpresas deste acto eleitoral foi o Bloco de Esquerda que, comparativamente às legislativas de 2005, passou de 326 (2,63%) votantes para 827 (6,55%). Os bloquistas subiram 501 votos.

O CDS/PP que, aparentemente, terá sido o partido que mais beneficiou da divisão que se vem verificando no PSD de Oliveira do Hospital, teve mais 448 votos comparativamente a 2005, alcançando os 9,71 por cento. O partido de Paulo Portas somou 1226 votos.

A CDU continua a ter uma percentagem do eleitorado muito residual, já que os 307 votos obtidos, nestas legislativas, lhe conferem uma percentagem de apenas 2,43 %.

Numas eleições, onde participaram 12.630 votantes e a abstenção (35,12%) foi ligeiramente inferior à verificada em 2005 (36 %), o PS desceu dos 5.494 votos (44,33%) para os 4.925 (38,99%), e o PSD baixou de 4.914 votos (36,96%) para 4.675 (37,02%).

Veja mais informação no canal Twitter do correiodabeiraserra.com.

LEIA TAMBÉM

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …