Líder do PS de Oliveira do Hospital criticado por frase de apoio a Mário Ruivo

…para as eleições da Federação Distrital do PS de Coimbra, e que no passado sábado deram a vitória a Victor Baptista.

Em causa está uma declaração feita por Rolo, no último jantar/comício da candidatura de Mário Ruivo, realizado em Coimbra, dia 18, e onde aquele dirigente partidário – citado pelo diário “As Beiras” –, refere que “é importante que cada militante leve a verdadeira mensagem de Mário Ruivo a todos os outros militantes, porque é preciso acreditar no verdadeiro PS, que está nesta candidatura”.

“Então e os militantes que apoiaram o Victor Baptista não fazem parte do verdadeiro PS. São só os do Mário Ruivo. Sinceramente… eu acho que o José Francisco Rolo esteve muito mal ao fazer uma afirmação destas”, afirmou a este diário digital um apoiante da candidatura de Baptista, que preferiu não ser identificado, sublinhando ainda que, em sua perspectiva, o “líder do PS deveria ter tido uma posição de equidistância” neste tipo de eleições.

 Instado pelo correiodabeiraserra.com a comentar esta polémica, o mandatário concelhio da candidatura de Victor Baptista, Arménio Tavares, referiu que “o verdadeiro PS não está em nenhum candidato, porque o verdadeiro PS existe por ele mesmo”. Tavares foi ainda mais longe, ao sustentar que se trata de “uma afirmação que sai fora do contexto destas lutas internas do partido e não é adequada a esta luta política”.

“Enquanto líder da comissão política concelhia, eu não usaria essa função para influenciar quem quer que seja… não sei se ele o fez”, declarou ainda o mandatário concelhio da candidatura de Victor Baptista.

“Sou militante do PS com os meus direitos de militância activos e tenho o direito de escolher o candidato que entendo que possa cumprir melhor as funções no partido”, declarou entretanto José Francisco Rolo ao CBS online.

Frisando que a expressão do «verdadeiro PS» deve estar “retirada do contexto”, Rolo afirmou ainda nunca ter “misturado” as suas funções de presidente da concelhia com as suas “escolhas como militante”. Por fim, o líder da concelhia socialista deixou um recado aos militantes no sentido de que “as questões internas sejam tratadas internamente e em plena liberdade”, porque – conforme sustentou – “o PS tem que estar unido no trabalho que tem que ser feito em Oliveira do Hospital”.

LEIA TAMBÉM

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …