Líder do PSD continua à espera do conselho nacional de jurisdição

A Comissão Política Concelhia do PSD de Oliveira do Hospital apresentou, em Abril, junto da CNJ,  o pedido de impugnação na sequência da aprovação do nome do actual presidente da Câmara como cabeça-de-lista do PSD, pela distrital social-democrata.

“Segundo os estatutos do partido, o CNJ tem três meses para se pronunciar… esperemos que a decisão seja conhecida até ao final deste mês”, afirmou ao Correio da Beira Serra o líder do PSD local, que continua a defender que a comissão política distrital, liderada por Pedro Machado, “tem que cumprir os estatutos” e não pode sobrepôr-se à decisão da CPC do PSD oliveirense, que vai no sentido de não recandidatar Mário Alves nas eleições autárquicas.

Sem se querer alongar em comentários sobre este polémico dossiê, José Carlos Mendes, que nas últimas eleições internas do PSD se apresentou aos militantes como o candidato do partido, disse que vai aguardar o desfecho do processo com “serenidade”, mas pede celeridade na decisão do CNJ, uma vez que as eleições autárquicas estão quase à porta.

Entretanto, na última semana, têm vindo a público algumas notícias que dão conta de que, no distrito de Coimbra, os nomes dos candidatos às autarquias de Oliveira do Hospital e Figueira da Foz ainda são “uma incógnita”.

LEIA TAMBÉM

Oliveirense Paulo Campos entre ex-governantes de Sócrates sob escuta e pode vir a ser constituído arguido

O processo que investiga Parcerias Público-Privadas Rodoviárias, ao fim de sete anos, está na recta final …

Rui Rio chocado com o que encontrou no Centro de Saúde de Oliveira do Hospital

O líder do PSD ficou estupefacto com o estado que encontrou no Centro de Saúde …