Numa altura em que o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) se vem queixar - em declarações ao diário as Beiras - de “excessos políticos e da comunicação social que são feitos contra a autarquia”, o presidente do seu próprio partido, José Carlos Mendes, diz que “a falta de diálogo com os munícipes e o tratamento diferenciado e discriminatório instituído” na CMOH “têm contribuído para a instalação de um clima de permanente conflitualidade”.

Líder do PSD volta a demarcar-se das políticas do executivo social-democrata

Imagem vazia padrãoNum texto dirigido aos militantes do partido que em 2005 reelegeu Mário Alves para a presidência da autarquia oliveirense – editado no sítio do PSD em http://www.psd-oliveiradohospital.com  – , o presidente da concelhia do PSD, volta a desmarcar-se das políticas que vêm sendo seguidas pelo executivo. “Nós, que sempre estivemos, como partido e como concelho, na linha da frente das grandes decisões importantes para o bem-estar, engrandecimento e qualidade de vida das populações, assistimos hoje à crescente perda do prestígio e da Importância que Oliveira do Hospital sempre teve no contexto distrital e regional”, adverte o antigo vice-presidente de Mário Alves.

Considerando que “o desenvolvimento industrial, que foi sempre o sustentáculo do nosso desenvolvimento, não tem sido a grande prioridade, como devia, faltando uma postura de mobilização da sociedade civil e do tecido empresarial, em ordem ao crescimento do emprego e à fixação dos jovens”, Mendes critica também a autarquia no que se refere à “inexistência de uma política de turismo e de aproveitamento dos nossos recursos turísticos” que, na sua óptica, “tem contribuído para a desertificação das nossas freguesias, tornando-nos mais dependentes de políticas sociais”. 

LEIA TAMBÉM

Nova liderança da JSD de Oliveira do Hospital quer colocar problemas dos jovens na agenda política local

Virgílio Salvador, de 26 anos, foi eleito no domingo presidente da Juventude Social Democrata de …

«Castração» política em Oliveira do Hospital. Autor: João Cruz

Passados 44 anos após o 25 de Abril de 1974, vive-se hoje em Oliveira do …