Numa altura em que o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) se vem queixar - em declarações ao diário as Beiras - de “excessos políticos e da comunicação social que são feitos contra a autarquia”, o presidente do seu próprio partido, José Carlos Mendes, diz que “a falta de diálogo com os munícipes e o tratamento diferenciado e discriminatório instituído” na CMOH “têm contribuído para a instalação de um clima de permanente conflitualidade”.

Líder do PSD volta a demarcar-se das políticas do executivo social-democrata

Imagem vazia padrãoNum texto dirigido aos militantes do partido que em 2005 reelegeu Mário Alves para a presidência da autarquia oliveirense – editado no sítio do PSD em http://www.psd-oliveiradohospital.com  – , o presidente da concelhia do PSD, volta a desmarcar-se das políticas que vêm sendo seguidas pelo executivo. “Nós, que sempre estivemos, como partido e como concelho, na linha da frente das grandes decisões importantes para o bem-estar, engrandecimento e qualidade de vida das populações, assistimos hoje à crescente perda do prestígio e da Importância que Oliveira do Hospital sempre teve no contexto distrital e regional”, adverte o antigo vice-presidente de Mário Alves.

Considerando que “o desenvolvimento industrial, que foi sempre o sustentáculo do nosso desenvolvimento, não tem sido a grande prioridade, como devia, faltando uma postura de mobilização da sociedade civil e do tecido empresarial, em ordem ao crescimento do emprego e à fixação dos jovens”, Mendes critica também a autarquia no que se refere à “inexistência de uma política de turismo e de aproveitamento dos nossos recursos turísticos” que, na sua óptica, “tem contribuído para a desertificação das nossas freguesias, tornando-nos mais dependentes de políticas sociais”. 

LEIA TAMBÉM

António Costa acusa poder local e central de não cumprir uma lei de limpeza com 12 anos

O primeiro-ministro sublinhou hoje que as obrigações legais de limpeza de mato existem desde 2006. …

Autarca de Oliveira do Hospital tem muitas dúvidas sobre a capacidade de se fazer cumprir lei de limpeza da floresta

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital acredita que nenhum concelho vai conseguir …