“Limpar para debaixo do tapete”

Conforme documenta a foto – este cenário repete-se noutros pontos do concelho –, as mimosas foram cortadas, mas toda a matéria combustível – em pleno pico do Verão – foi deixada no local há várias semanas.

De acordo com o leitor do CBS online os “proprietários de terrenos e de habitações junto à estrada estão descontentes com a situação”, dado que os restos de mimosas deixados no local são uma boa fonte de ignição para um incêndio florestal.

LEIA TAMBÉM

“O presidente diz que Oliveira está na moda. Adarnela só se for na moda da idade da pedra. Não tem água, nem saneamento”

Quem chega a Adarnela, no concelho de Oliveira do Hospital encontra uma localidade dividida entre …

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …