Linha da Beira Alta cortada devido a inundação, em Oliveira do Hospital trabalha-se na desobstrução de estradas

A circulação de comboios na linha da Beira Alta foi suspensa esta manhã, entre Mortágua e Pampilhosa, devido à inundação do túnel de Trezói. Não há ainda previsão para a a sua reabertura. A causa deste encerramento está na chuva forte que caiu durante toda a noite e parte da manhã em toda a região Centro do país inundou o túnel ferroviário do Trezói, uma situação recorrente nesta localidade do concelho de Mortágua.

“É necessário esperar que o nível das águas baixe e, depois, assegurar que estão reunidas as condições de segurança para a reabertura da linha”, sublinha a mesma fonte sobre esta via ferroviária internacional que liga o entroncamento ferroviário a Pampilhosa, perto de Coimbra, a Vilar Formoso, que faz fronteira com Espanha.

Em Oliveira do Hospital, na Estrada Municipal (EM) 517 (que liga Lourosa e o limite do concelho de Arganil, Barril do Alva), junto a Barril do Alva e em Santa Ovaia (Oliveira do Hospital), decorriam ao fim da manhã operações de limpeza devido a deslizamentos de terras que interromperam a circulação automóvel. Ontem também a EN 230, em Avô teve de ser alvo de intervenção, depois de um aluimento de terras que provocou a queda de um muro.

LEIA TAMBÉM

Cerca de 80 por cento dos leitores não acreditam que José Carlos Alexandrino tivesse garantias de que o IC6 irá avançar nos próximos tempos

Uma enorme fatia dos leitores do CBS que votou no inquérito promovido por este jornal …

Primeiro-ministro vê nas biorefinarias uma “oportunidade” para aproveitar a floresta e elogia trabalho desenvolvido na BLC3

O primeiro-ministro destacou ontem na inauguração do Campus de Tecnologia e Inovação BLC3, em Oliveira do …