Lourosa recebe Feira Moçárabe

Pelo segundo ano consecutivo, Lourosa será palco de uma “Feira Moçárabe”, que decorrerá nos dias 24 e 25 de agosto.

O adro da Igreja S. Pedro de Lourosa, monumento nacional, será o palco privilegiado desta nova edição da Feira Moçárabe, que tem abertura agendada para as 18h00 de sábado, dia 24 de agosto. O programa continuará ao longo de todo o dia de domingo e, à semelhança do que aconteceu em 2012, conduzirá os visitantes a uma nova viagem no tempo.

A leitura do arauto, a que se seguirá um “cortejo com representação das Três Culturas pelas praças do Burgo” marca a abertura oficial da Feira Moçárabe de Lourosa.

Até ao final da noite, haverá ainda zaragatas por danos de amor, anúncio de um Esposamento Sefardita, e a leitura da Carta de Privilégios que El-Rei D. Fernando Magno concedeu aos moradores da comunidade judaica, a quem foi reconhecido o direito de manterem os seus costumes. Destaque ainda para uma escaramuça nocturna, marcada para as 22h00, e para o espetáculo de malabares de fogo “O guardião do tesouro”, que decorrerá às 23h00.

No domingo, a Feira Moçárabe de Lourosa abre portas às 10h00, e da parte da manhã contará com uma missa segundo o ritual moçárabe. A tarde será preenchida com várias encenações de época que transportam os visitantes para cenários únicos, como uma cerimónia do casamento no seio da comunidade judaica ou os anúncios de que Abu Amir Almansor, Hajib militar de Córdoba, se dirige a Lourosa para apoiar os cavaleiros muçulmanos, e de que Fernando Magno, do Reino de Leão, vem apoiar os cavaleiros cristãos que são encabeçados por D. Sesnando.

A partir das 17h00 o destaque irá para as rábulas que serão apresentadas nas praças e largos, assim como cânticos e danças, tanto cristãs como mouras, moçárabes e sefarditas. Seguir-se-á, pelas 18h00, o Torneio da Armas a Cavalo “Juízo de Deus”, que colocará frente a frente as duas tropas em contenda.

O início da noite trará um tratado de paz entre mouros e cristãos, festejado com músicas e cantigas, bailias e folguedos, em são convívio das Três Culturas presentes. Destacam-se ainda a oferta de ‘comeres e beberes’ serranos, que poderão ser encontrados no recinto da feira ao longo dos dois dias do certame.

A Feira Moçárabe de Lourosa foi promovida pela primeira vez em 2012, integrada nas comemorações dos 1100 anos da Igreja Moçárabe de Lourosa, monumento nacional edificado em 912 e de características únicas no país e na Península Ibérica. É um evento inédito no concelho e englobará aspetos tão diversos como representações de época, feira e venda de produtos endógenos, e tasquinhas temáticas. A iniciativa é dinamizada pela Junta de Freguesia de Lourosa, em parceria com o Município de Oliveira do Hospital, e conta com o apoio da ADI – Agência de Desenvolvimento Integrado, e da ADIBER – Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra, contando ainda com a colaboração do Grupo Viv’Arte.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …