Lua tapou o sol no dia em que se inicia a Primavera

A Lua tapou hoje parcialmente o Sol em Portugal (entre as 8h00 e as 10h00), e o fenómeno pôde ser observado em vários pontos do país. O arquipélago dos Açores foi a região onde o Sol esteve mais tapado pela Lua, enquanto a Madeira foi a região nacional onde a dimensão do eclipse foi menor. Este fenómeno, que se repete a cada período de aproximadamente 18 anos e 11 dias (o próximo deverá acontecer a 20 de Março de 2034, no equinócio e próximo do perigeu lunar), foi total na região do Árctico e no extremo norte do Atlântico.

Em Portugal, como noutros países europeus e do Norte de África, o eclipse foi apenas parcial porque estes territórios encontram-se na penumbra (parte menos escura do cone de sombra projectado pela Lua na superfície da Terra). O eclipse pôde ser observado, entre outros locais, através de telescópios protegidos com filtros nos observatórios astronómicos de Lisboa, Coimbra e de Santana (Açores), nos planetários de Lisboa e Porto ou nos centros Ciência Viva de Constância e Aveiro.

O eclipse terminou ainda de manhã em Portugal, mas o dia de hoje fica também marcado também pela entrada da Primavera. Às 22h45 desta sexta-feira, será o equinócio, marcando o início da Primavera no Hemisfério Norte. O equinócio acontece quando o dia e a noite duram o mesmo tempo, 12 horas, ou seja, quando o Sol cruza o plano do equador celeste. A estação prolonga-se por 92,75 dias, até ao próximo solstício, de Verão, que ocorre a 21 de Junho, às 17h38.

LEIA TAMBÉM

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …