Lua tapou o sol no dia em que se inicia a Primavera

A Lua tapou hoje parcialmente o Sol em Portugal (entre as 8h00 e as 10h00), e o fenómeno pôde ser observado em vários pontos do país. O arquipélago dos Açores foi a região onde o Sol esteve mais tapado pela Lua, enquanto a Madeira foi a região nacional onde a dimensão do eclipse foi menor. Este fenómeno, que se repete a cada período de aproximadamente 18 anos e 11 dias (o próximo deverá acontecer a 20 de Março de 2034, no equinócio e próximo do perigeu lunar), foi total na região do Árctico e no extremo norte do Atlântico.

Em Portugal, como noutros países europeus e do Norte de África, o eclipse foi apenas parcial porque estes territórios encontram-se na penumbra (parte menos escura do cone de sombra projectado pela Lua na superfície da Terra). O eclipse pôde ser observado, entre outros locais, através de telescópios protegidos com filtros nos observatórios astronómicos de Lisboa, Coimbra e de Santana (Açores), nos planetários de Lisboa e Porto ou nos centros Ciência Viva de Constância e Aveiro.

O eclipse terminou ainda de manhã em Portugal, mas o dia de hoje fica também marcado também pela entrada da Primavera. Às 22h45 desta sexta-feira, será o equinócio, marcando o início da Primavera no Hemisfério Norte. O equinócio acontece quando o dia e a noite duram o mesmo tempo, 12 horas, ou seja, quando o Sol cruza o plano do equador celeste. A estação prolonga-se por 92,75 dias, até ao próximo solstício, de Verão, que ocorre a 21 de Junho, às 17h38.

LEIA TAMBÉM

Dez detidos em Seia por tráfico de droga

A GNR de Gouveia deteve, entre os dias 1 e 3 de Setembro, oito homens …

Acidente na unidade da Sonae em Oliveira do Hospital amputou braço a um funcionário

Um acidente de trabalho na unidade industrial da Sonae, em S. Paio de Gramaços, provocou …