Luís Marques e Inês Lobo venceram XIV Torneio de Ténis Cidade de Oliveira do Hospital

O Clube de Ténis de Oliveira do Hospital levou a efeito, nos Courts de Ténis de Oliveira do Hospital e da Pousada Convento do Desagravo, o XIV Torneio Cidade Oliveira do Hospital integrado no calendário oficial da Federação Portuguesa de Ténis. Luís Marques foi o grande vencedor do torneio.

O torneio, realizado no último fim de semana de agosto, contou com a presença de tenistas oriundos de vários clubes existentes em Portugal e de cinco atletas do Clube de Ténis de Oliveira do Hospital, tanto no quadro masculino como no quadro feminino.

No quadro masculino a final do evento foi disputada entre o tenista da casa, Luís Marques, e o tenista César Castela, do Clube de Ténis do Luso. Ao fim de 12 anos de luta, dedicação e entrega, e depois de cinco finais disputadas, acreditando sempre que um dia seria capaz, Luís Marques (CTOH) venceu o seu primeiro torneio federado pelos parciais de 7/5 e 6/3.
No quadro feminino, a vencedora foi a tenista Inês Lobo, do ETPPeifeito.

Em face do resultado alcançado, o Clube de Ténis de Oliveira do Hospital está certo de que “é capaz de formar vencedores e ajudar no desenvolvimento físico, mental e social dos seus praticantes, apesar de não dispor de estruturas desportivas capazes de propiciar uma prática continuada da atividade”. “Por um lado, a iluminação deficiente, além de não permitir o prolongamento dos treinos pela noite dentro, é uma menos valia aquando da realização dos torneios federados e intersócios. Por outro, a inexistência de um court de ténis coberto implica a paragem da atividade tenista durante os meses de inverno e nos dias chuvosos, o que não contribui para o desenvolvimento desta modalidade”, sustenta ainda a direção do CTOH.

LEIA TAMBÉM

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ suspeita que mãe pode ter morto criança na Guarda

A morte de um menino de 9 anos ocorrida ontem na localidade de Sortelhão, na …

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …