Noémia Alexandrino faleceu esta madrugada, aos 85 anos de idade, no hospital da FAAD, onde deu entrada quarta-feira com dificuldades respiratórias.

Mãe do presidente da Câmara faleceu esta manhã no hospital da FAAD

A mãe do presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, não resistiu à série de episódios clínicos que a começaram a afectar desde o final do Verão e, faleceu às 6h30 de hoje, no hospital da Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD).

A residir no lar de Ervedal da Beira, Noémia Alexandrino tinha sido vítima, recentemente, de duas quedas que a obrigaram a permanecer por um longo período de tempo naquela unidade hospitalar.

Alguns sinais de melhoras fizeram com que a octogenária recebesse alta hospitalar, acabando contudo por regressar na última quarta-feira ao hospital da FAAD, devido a dificuldades respiratórias.

Aos 85 anos de idade, Noémia Alexandrino não resistiu à gravidade do seu quadro clínico e faleceu ao raiar da manhã de hoje.

Desde que tomou posse, no dia 2 de Novembro de 2009, como presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino sempre se revelou sensível relativamente ao estado de saúde que afectava a sua mãe. Chegou a fazê-lo em actos públicos, elogiando o trabalho de médicos, enfermeiros e auxiliares do hospital da FAAD.

O corpo de Noémia Alexandrino vai estar em câmara ardente na capela de Ervedal da Beira. O funeral está marcado para as 11h30 de amanhã.

À família, este diário digital, deixa as mais sinceras condolências.

 

 

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD a Travanca promete “um presidente para todos os dias e não apenas para o fim-de-semana”

O PSD apresentou ontem publicamente a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Travanca de …

Festival “Origens” de Travanca de Lagos agendado para o próximo fim-de-semana

Os Jovens da Liga de Travanca de Lagos apresentam, de sexta-feira a domingo, mais uma …