PJ deteve autor de crimes de abuso sexual de criança e de pessoa incapaz de resistência

Mãe e homem de 53 anos detidos em Celorico da Beira por lenocínio e abuso sexual de menina de 13 anos

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção no concelho de Celorico da Beira de um homem e de uma mulher suspeitos da “prática continuada” de lenocínio e de abusos sexuais de uma menor. Um comunicado do Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda explica que os dois detidos, um deles a mãe da vítima, são “fortemente suspeitos da prática continuada, desde há aproximadamente dois anos, dos crimes de lenocínio e de abuso sexual agravado de uma menor, actualmente com 13 anos”.

“Os abusos foram cometidos por um homem de 58 anos, com favorecimento por parte da progenitora da menor, de 44 anos, que para esse efeito a fazia deslocar regularmente à residência daquele”, explica a missiva, adiantando que os detidos “são ainda suspeitos da prática de altos da mesma natureza em relação a uma irmã mais velha daquela menor, hoje já com 21 anos”. A vítima está ” grávida de 32 semanas” e encontra-se internada numa unidade hospitalar para acompanhamento clínico.

Os dois suspeitos foram presentes a tribunal, para o primeiro interrogatório judicial e ficaram ambos em prisão preventiva.

LEIA TAMBÉM

Presidente da República a caminho de Oliveira do Hospital e António Costa reunido com presidentes de Câmara naquela cidade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, está a caminho de Oliveira do Hospital …

PSA Mangualde interrompe produção devido aos incêndios

A fábrica da Citroën, do grupo PSA, em Mangualde, interrompeu a produção devido aos incêndios …