Maior árvore de natal ecológica quer entrar no Guinness Book

A população de Travanca de Lagos construiu, no passado dia 8, uma árvore de natal, de 11 metros, com cerca de 2500 garrafas e garrafões. A iniciativa partiu da Liga de melhoramentos daquela freguesia com o objetivo de bater o record da maior árvore de natal ecológica do mundo.

“Temos a certeza que é a maior de Portugal. Não dizemos que é a maior do mundo porque ainda não recebemos o resultado do Guinness”- é com orgulho que os jovens organizadores desta iniciativa falam da “vistosa e original árvore” que , no passado domingo, nasceu no coração da localidade de Travanca de Lagos com o contributo de várias pessoas do concelho e da região que prontamente acederam ao desafio de construírem a maior árvore de natal ecológica do mundo.

Para a construção da árvore de Natal foram necessários cerca de 2500 garrafões e garrafas que deram forma aos 11 metros de “união e ecologia”, adiantam os jovens que já enviaram a candidatura para o Guinness World Records para averiguar o seu impacto mundial.

Garrafão a garrafão, novos e velhos, todos quiseram com as suas próprias mãos colaborar na construção. Toda a comunidade esteve envolvida, o presépio esteve à responsabilidade dos meninos da Casa da Criança Sarah Beirão de Travanca de Lagos, que com os seus 3 e 4 anos de vida deram forma às três principais personagens José, Maria e o Menino Jesus. A estrela foi feita pelos alunos da Escola Primária da aldeia.

Trata-se da primeira iniciativa de cariz ambiental lançada pelo grupo de jovens que há cinco anos lidera um movimento cultural com a bandeira da Liga de Iniciativa e de Melhoramentos de Travanca de Lagos. Preocupados em preservar as tradições, saberes e sabores das suas origens, revelam agora “uma preocupação ambiental e de preservação das suas florestas, pois o objetivo desta iniciativa é sensibilizar a comunidade para o não abate de árvores jovens que é muito comum nesta época natalícia, assim como, para a reutilização de embalagens e posterior reciclagem desse material”.

“Travanca de Lagos deu a Oliveira do Hospital um novo ex libris. É uma mensagem de solidariedade, de generosidade e de esperança, para além da mensagem ecológica e de preservação do ambiente. Estes jovens estão de parabéns por aquilo que conseguiram gerar em torno desta iniciativa. Quem sabe para o ano, o Município desafie todas as freguesias do Concelho para esta ideia”, referiu na ocasião o vice-presidente e vereador do Turismo na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo.

Para os jovens da Liga de Melhoramentos de Travanca de Lagos a construção da árvore, candidata a maior árvore de natal ecológica do mundo, vem provar que “no interior, no Portugal rural, também há jovens com objetivos”. “Não nos limitamos a fazer projetos, fazemos questão de os pôr em prática. Não temos medo do trabalho, crescemos a sujar as mãos na terra, pela nossa terra. E não foi, e nunca será, este estilo de vida que nos limitará a dar o nosso contributo para a construção de um mundo melhor” referem os jovens emocionados com a alegria e entusiasmo que conseguiram criar naqueles que quiseram colaborar na construção da árvore.

Numa altura em que convidam a uma visita a Travanca de Lagos para ver de perto a famosa construção, os jovens já desafiam todas as pessoas a guardar garrafas e garrafões para construção da árvore do próximo ano que – asseguram – “vai ser ainda maior”.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …