Mais de metade do país está em seca extrema

Maio de 2015 foi o terceiro mais seco dos últimos 11 anos e no final do mês passado 53,4% do território continental português encontrava-se em situação de seca severa-extrema, uma situação que se agravou sobretudo nos últimos dias. O intenso calor das últimas semanas tem contribuído para ‘destruir’ pastagens e cultivos, que nem as chuvas previstas para os próximos dias irão salvar.

A 30 de Abril, de resto, 79% do país já se encontrava em seca moderada, de acordo com o último Boletim Climatológico mensal do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Uma situação que afecta sobretudo os distritos Bragança, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Faro.

E as previsões futuras não prevêem melhorias: “Tendo em conta a época do ano, é expectável que a situação de seca meteorológica se mantenha ou se intensifique”, prevê fonte do IPMA, em declarações ao Jornal de Notícias.

LEIA TAMBÉM

Mortes em acidente em Tábua no acesso ao IC6

Dois homens morreram hoje na sequência de uma colisão frontal entre duas viaturas ligeiras numa …

Funcionário público detido na região de Viseu por apropriação de objectos apreendidos judicialmente

PJ deteve em Trancoso desempregado por alegada violação de criança

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 34 anos, em …