“Mais rotundas, não prometo…”

“O que nos une é mais do que o que nos divide… isto não é uma declaração de candidatura, pois as questões sérias têm que ser tratadas de forma séria, nos locais próprios e nos tempos adequados”, começa por afirmar o deputado municipal da CDU – Lopes deverá regressar à assembleia Municipal de Oliveira do Hospital no mês de Dezembro –, sem deixar de desafiar os partidos políticos locais a clarificarem a actual situação política.

Considerando que “estamos no tempo da sementeira política”, aquele empresário observa também que “convinha que a Comissão Política de Secção do PSD se definisse” porque – conforme sustenta – “o tempo das estratégias tem que dar lugar à acção”.

Numa altura em que as relações de Lopes com os seus camaradas de partido de Oliveira do Hospital – João Abreu e João Dinis – já conheceram melhores dias, o deputado da CDU não é contudo claro quanto ao seu posicionamento político nas autárquicas do próximo ano. “Por mim, não pergunto a ninguém de onde vem. Pergunto para onde querem ir. E porque sou um colectivista, espero que com o parecer e o contributo de todos, os de boa vontade, seja possível traçar um rumo que nos leve para onde todos nós desejamos. Mais emprego, mais saneamento, mais água, mais educação, mais solidariedade. Mais rotundas, não prometo”, sublinha em tom irónico aquele autarca da CDU.

Com “ar” decidido, o conhecido empresário que na infância passou a serra em direcção a Vila Franca da Beira, deixa ainda um desafio: “Vão pensando nas listas para os diversos órgãos e freguesias. Discutam, convençam e mobilizem os mais disponíveis e capazes. A cor não é relevante. Sei que estou num concelho de gente trabalhadora e séria e isso basta-me”.

LEIA TAMBÉM

Medalha de Ouro de Oliveira do Hospital para Ana Abunhosa aprovada no meio de várias criticas

A atribuição da medalha de Ouro do Concelho de Oliveira do Hospital foi um dos …

PSD de Oliveira do Hospital considera que atribuir a Medalha de Ouro a Ana Abrunhosa “é condecorar a incompetência”

O PSD oliveirense não entende as razões que levam a Câmara Municipal de Oliveira do …