Manuel Oliveira é candidato a bastonário da Ordem dos Enfermeiros

 

Manuel Oliveira já oficializou a sua candidatura a bastonário da Ordem dos Enfermeiros. O enfermeiro que, desde 2008, preside à direção da Secção Regional do Centro apresenta-se ao novo desafio como rosto de uma equipa que pretende, a nível profissional, conseguir um maior reconhecimento socioeconómico pelo trabalho produzido e garantir a qualidade dos cuidados de enfermagem prestados aos cidadãos.

Do ponto de vista do contexto nacional, Manuel Oliveira coloca-se em defesa de políticas públicas, que na sua transversalidade suportem as condições para uma população mais saudável.

“Defenderemos a garantia da universalidade, acessibilidade e equidade dos cuidados de saúde e, em particular, dos cuidados de enfermagem, sustentado pela exigência do reforço, eficiência e sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde pilar do nosso sistema de saúde, e que constitui, a este nível, a principal dimensão para esta vontade”, adianta o candidato.

“A disponibilidade e vontade coletivas de uma equipa experiente e dedicada” são, para Manuel Oliveira, fonte de motivação para “construir e concretizar um projeto planeado de forma integrada e articulada, a nível nacional e regional, pela enfermagem”.

Aberto para a realização de “um trabalho conjunto” com associações e sindicatos, o enfermeiro candidato garante estar consciente dos “novos, sérios e árduos desafios” e que “requerem mais do que propostas populistas ou demagógicas, tentadoras e próprias destes momentos de grande turbulência e incerteza, mas que a médio e longo prazo se revelam sempre inúteis”.

Garantindo o respeito pela “liberdade e diferença de pensar e agir de cada um”, a equipa que acompanha o candidato a bastonário pretende uma maior afirmação da profissão.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …