Marcelo pede aos jornalistas para não desistirem e funcionarem como anti-poder

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou-se hoje preocupado com a situação da comunicação social e a precariedade na profissão, pedindo aos jornalistas que não desanimem e sejam anti-poder. O chefe de Estado falava na sessão de abertura do quarto Congresso dos Jornalistas, no cinema São Jorge, em Lisboa.

Marcelo Rebelo de Sousa foi aplaudido quando deixou este apelo: “Nunca esquecer que o jornalismo só tem poder se nunca se vergar aos poderes políticos, económicos, financeiros, sociais, formais ou informais vigentes, antes deles se mantendo distanciado e perante eles permanentemente crítico, se quiserem, sendo um anti-poder, nesse sentido”.

“E acreditar sempre, porque se há experiência que o trabalhar em jornalismo tem em comum com o ensino é o apelo diário a não desanimar, a não desistir, a não renunciar, a pensar nos outros, no dever de testemunhar, no dever de servir, no dever cumprir uma missão comunitária. Nunca cedam, nunca desesperem, nunca abdiquem dessa vossa missão”, acrescentou o Presidente da República.

 

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Dois detidos por crime de tráfico sexual em Seia

Um homem de 45 anos e uma mulher de 42 foram ontem detidos por suspeita …

Preços dos combustíveis sobem hoje pela oitava semana consecutiva

Os preços dos combustíveis aumentam hoje, sendo esta já a oitava semana de subidas consecutivas. …

  • António Lopes

    Senhor Presidente José Carlos Alexandrino: Percebeu..? Ou tenho que fazer mais um desenho..? O “bom jornalismo” é o que trabalha por “avença” /bajulação..?