Marcha de Alfama é novidade no programa das marchas populares de Oliveira do Hospital

 

… é participada por um menor número de marchas, mas que prima pela presença da marcha de Alfama.

A marcha de Alfama é a grande novidade do programa das marchas populares que, este fim de semana, prometem animar a cidade de Oliveira do Hospital.

Em causa está um evento que já ganhou raízes e tradição no concelho oliveirense e que, nos últimos anos, tem mobilizado muitos participantes e atraído muito público à Avenida Dr. Carlos Campos e Parque do Mandanelho.

Na edição 2012, a iniciativa surge com um novo modelo, deixando de lado a vertente “competitiva” e apostando apenas no espírito de verdadeira participação.

A partir das 21h30 de amanhã, a iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, vai contar com a participação das marchas do Rancho Folclórico e Cultural de Lagares da Beira, Gramaços, Meruge e Sociedade de Defesa e Propaganda de Avô.

Um número que se situa bem abaixo daquilo que foi a participação de grupos marchantes em edições anteriores, mas que de algum modo chega a ser compensado com a presença da Marcha de Alfama, que acedeu ao convite que lhe foi endereçado pela autarquia e surge como a vulgarmente conhecida “cabeça de cartaz”.

O tradicional ambiente de festa popular regressa domingo ao Parque do Mandanelho, pela mão dos mais novos. As marchas infantis têm início pelas 18h00, havendo a registar a participação das marchas infantis da Cordinha, Obra D. Josefina da Fonseca, Centro Social e Paroquial de Seixo da Beira, Gramaços, Agrupamento de Escolas de Lagares da Beira e 2º ano da EB1 de Oliveira do Hospital.

LEIA TAMBÉM

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …

O “Ciclone de Fogo” varreu aquela noite que o foi de (quase) todos os medos… Autor: João Dinis, Jano

Naquela noite de (quase) todos os Fogos e de (quase) todos os medos, morreu Gente …