Mário Alves desconhecia existência de poste eléctrico em plena faixa de rodagem

“Se a memória não me atraiçoa só ontem tomei conhecimento”, referiu esta terça-feira Mário Alves, em reunião pública do executivo, quando interpelado pela vereadora socialista Maria José Freixinho.

O presidente da Câmara contou que ainda não tinha ido àquele local da obra – nó de acesso entre Seixo da Beira e as Seixas – com a rotunda já fechada.

Embora tenha reconhecido que a situação carece de resolução, Mário Alves considerou que “desde que sinalizado”, por agora o poste “não é originário de problema”.

Também questionado, pelo socialista José Francisco Rolo, acerca de problemas que o próprio autarca enunciou em Assembleia Municipal, em matéria de pavimentação e betuminoso que estão a ser aplicados na obra de requalificação da estrada que liga Oliveira do Hospital a Felgueira Velha, Mário Alves referiu que já deu indicações aos serviços para que sejam recolhidas amostras de betuminoso e efectuadas as análises para que se averigúem as suas condições.

O presidente da Câmara não deixou também de se referir aos sinais de “alguma desagregação” ao nível da união do pavimento. “Uma coisa é o aspecto que o trabalho nos dá e outra coisa é o que acontece passado um ano ou dois”, concluiu Mário Alves.

LEIA TAMBÉM

CDU reclama transporte público até Ervedal da Beira e acusa Câmara de se esquecer de obras importantes

Os elementos da CDU representados na União das Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca …

Tábua inaugurou posto de carregamento de veículos eléctricos

A Câmara Municipal de Tábua inaugurou hoje o Posto de Carregamento de Veículos Eléctricos. O …