Mário Alves insurgiu-se contra gravação em vídeo

O excerto, captado em reunião pública da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital do passado mês de Fevereiro, reporta o momento em que o presidente da Câmara começou a dar sinais de descontentamento, pelo facto de a sua intervenção estar a ser registada em vídeo. O que a câmara não captou foi o momento em que Mário Alves se levantou da cadeira e se dirigiu para a jornalista do Correio da Beira Serra convidando-a a filmá-lo enquanto bebia água pela garrafa. “Até me levanto para a senhora me poder filmar melhor…se quiser até me pode filmar a beber água”, referiu na ocasião o autarca notoriamente indignado com o trabalho que a jornalista estava a realizar.

LEIA TAMBÉM

Estado degradado do açude da Ribeira no Ervedal

José Carlos Alexandrino

Momentos da última Assembleia Municipal