“Mário Alves não é o candidato do PSD de Oliveira do Hospital”

Quando faltam menos de 24 horas para a apresentação formal da recandidatura de Mário Alves à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, a concelhia do PSD continua a não aceitar a decisão das estruturas distrital e nacional do partido.

Ao correiodabeiraserra.com, Nuno Pereira que garante não ter sido informado da sessão marcada para as 18h00 de amanhã – “soube pelos jornais”, referiu – disse “demarcar-se completamente” da candidatura de Mário Alves e esclareceu que “Alves não é o candidato do PSD de Oliveira do Hospital”.

A suceder José Carlos Mendes no cargo para o qual foi eleito por duas vezes consecutivas, Nuno Pereira insiste em fazer vingar a trilho político de Mendes e em querer esperar pelo veredicto final do Tribunal Constitucional.

“Vamos esperar até 14 de Agosto”, referiu o líder local do PSD, sublinhando que se o parecer for favorável, a CPS está em condições para apresentar as listas autárquicas à Câmara Municipal e Juntas de Freguesia até ao dia 27 de Agosto.

Assistindo com “calma e serenidade” às movimentações do PSD distrital e nacional, a Comissão Política de Secção não tem dúvidas de que os estatutos não estão a ser cumpridos, já que a lógica é que o candidato à Câmara seja apresentado pela concelhia. “A lógica não está a ser seguida há muito tempo”, vincou, recordando que “este processo está a ser conduzido à revelia da CPS”.

A certeza de Nuno Pereira é de que não se pretende desviar do caminho iniciado, mas, não deixa de lamentar o atraso na resposta, que continua a aguardar do Tribunal Constitucional, especialmente por se tratar de uma matéria que carece de alguma urgência.

A saída de Mendes da concelhia para além de ter ditado a subida de Nuno Pereira a presidente, significou também a demissão do segundo vice-presidente, Inácio Campos, que se posicionou ao lado do ex líder, no projecto independente “Oliveira do Hospital Sempre”.

Não se chegou, contudo, a consumar a demissão de Telma Martinho que se posiciona, agora, como primeira vice-presidente e tesoureira da CPS do PSD. Nuno Vilafanha é o terceiro vice-presidente, seguido pelos vogais João Brito, Pedro Rosário, Jorge Carvalho, José António, António Mota, Mário Ribeiro e Rui Fernandes.

A CPS assistiu, contudo, a uma baixa entre os vogais, com a demissão de Madalena Gouveia que se deverá posicionar do lado de José Carlos Mendes, num projecto independente para a freguesia de Ervedal da Beira.

LEIA TAMBÉM

Medalha de Ouro de Oliveira do Hospital para Ana Abunhosa aprovada no meio de várias criticas

A atribuição da medalha de Ouro do Concelho de Oliveira do Hospital foi um dos …

PSD de Oliveira do Hospital considera que atribuir a Medalha de Ouro a Ana Abrunhosa “é condecorar a incompetência”

O PSD oliveirense não entende as razões que levam a Câmara Municipal de Oliveira do …