Mário Alves novamente constituído arguido

…pelo Ministério Público pela alegada prática de dois crimes de “difamação agravada”.

 

Os factos remontam a Setembro de 2007, quando numa reunião realizada no salão nobre dos Paços do Concelho com vista à preparação do arranque do ano lectivo 2007/08 entre o autarca, as funcionárias do ATL e do pré-escolar, Mário Alves terá afirmado, durante a sua intervenção, que “no ATL há duas inválidas que não fazem nem querem fazer”.

De acordo com o que o correiodabeiraserra.com conseguiu apurar junto de uma fonte conhecedora do processo, as funcionárias alegadamente visadas na afirmação do autarca social-democrata, que recorrem com alguma frequência a baixas médicas por razões de saúde – uma sofre de uma doença do foro oncológico e a outra tem problemas ortopédicos que lhe dificultam a locomoção –, decidiram apresentar uma queixa-crime contra Mário Alves, já que conforme referiu a mesma fonte a este diário digital “eram as únicas funcionárias que regularmente recorriam à baixa médica”.

A Procuradora do Ministério Público de Oliveira do Hospital decidiu acompanhar a acusação, mas ao arguido – nos termos do processo penal – assiste-lhe agora o direito de requerer a abertura de instrução.

Segundo este diário digital também apurou, apesar da queixa-crime ter sido feita contra o cidadão enquanto figura privada e não contra o autarca, Mário Alves nomeou como seu defensor um advogado avençado da Câmara Municipal.

O correiodabeiraserra.com já solicitou uma reacção a Mário Alves sobre esta notícia, mas a sua secretária já comunicou a este jornal que o autarca do PSD “não presta declarações”.

Este é um processo que o CBS on-line promete acompanhar em próximos blocos noticiosos.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …