Mário Patrão

Mário Patrão ajudou Paulo Gonçalves a arranjar a moto e seguir em prova antes da queda que o colocou fora do Dakar

O piloto de Seia Mário Patrão ajudou o português da Honda Paulo Gonçalves a reparar a moto na véspera depois de um arbusto lhe ter furado o radiador e de o ter obrigado a parar. Os conhecimentos mecânicos do compatriota foram essenciais a estrela portuguesa maior da prova se manter no Dakar, já que não precisou mudar o motor e assim evitou uma penalização de 15 minutos, adianta o Diário de Notícias (DN).

O esforço do Mário Patrão acabou, porém, por se revelar inglório, já que Paulo Gonçalves sofreu depois uma queda na décima primeira etapa da prova, entre La Rioja e San Juan, tendo sido encontrado inconsciente pouco depois do Way Point 2. Foi transportado para o hospital mais próximo para ser submetido a observação médica e ficou fora da prova.

Mas isso não retira mérito ao piloto de Seia. “Não fiz nada que não mande o verdadeiro espírito do Dakar e a minha forma de estar na vida. O Paulo Gonçalves, mais do que um adversário, é um amigo que tem dado muito a este desporto. Em etapa maratona não dispomos de assistência mecânica, mas entre nós podemos reparar as motos. Ajudei o Paulo naquilo que me foi possível. Ele está em prova e isso é o mais importante”, contou ao DN o piloto de Seia.

Mário Patrão, que participa pela quarta vez na prova, quer conseguir a sua melhor posição de sempre e vencer a classe Maratona. “Estou com KTM, a vencedora das últimas 14 edições, com o objectivo de estar no Top 20 final e de vencer a classe Maratona. Estamos no bom caminho, estou em prova, em luta pelo top 15 da geral e pela vitória na classe a pouco dias do final. Por isso, o balanço é muito positivo, tendo em conta as diferenças entre um piloto privado e um oficial”, lembrou o piloto de Seia, o 19.º mais rápido anteontem e 16.º da geral, em declarações ao DN.

LEIA TAMBÉM

Dois mortos e quatro feridos em acidente no IP3 em Santa Comba Dão

Um acidente no IP3 provocou duas vítimas mortais e quatro feridos, dois em estado grave. …

GNR deteve alegados traficantes de droga nos acessos a uma “Rave” em Oliveira do Hospital

Pastor de 90 anos continua desaparecido em Seia

Um pastor de 90 anos que está desaparecido na pequena localidade de Valezim no concelho de …