Médicos mostram-se indisponíveis para assegurar SAP de Oliveira do Hospital a partir de segunda-feira

Os médicos da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Oliveira do Hospital manifestaram-se na quarta-feira, através de carta aberta, indisponíveis para assegurar o funcionamento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) do Centro de Saúde a partir de segunda-feira. No documento enviado ao ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, ao presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro, José Tereso, e ao presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, entre outras entidades, os médicos alertam para a “situação insustentável que actualmente se vive” no SAP.

“Funciona como um Serviço de Urgência Básico, aberto 24 horas por dia e 365 dias por ano, e apenas é assegurado actualmente por quatro médicos da UCSP de Oliveira do Hospital, para o total de 42 horas por semana de trabalho em urgência – e mais algumas horas de outros três médicos – apesar de estarem dispensados destas funções pela idade”, afirmam.

12486019_1024276207613755_7976719138550651152_oOs seis profissionais que subscrevem o documento sublinham que é impossível preencher a escala ” havendo a necessidade de se proceder a turnos de permanência do mesmo médico durante 24 horas seguidas”, um problema registado “nomeadamente desde o início” deste ano. “Esta situação decorre do incumprimento dos turnos atribuídos a uma empresa de subcontratação médica e da escassez dos recursos humanos da UCSP”, referem, explicando que tais factos “estão a originar a exaustão dos profissionais de saúde, podendo pôr em causa a sua própria saúde, a segurança dos utentes e aumentando a probabilidade de erro médico”.

Os profissionais terminam a missiva afirmando que, “apesar dos inúmeros avisos realizados às entidades competentes”, não obtiveram até à data qualquer resposta. Assim, continuam, será impossível “assegurar o funcionamento do serviço SAP a partir de 11 de Janeiro [segunda-feira]”.

LEIA TAMBÉM

Uma insólita invasão de javalis na cidade de Viseu

Uma ‘praga’ de javalis tem invadido todas as noites a cidade de Viseu, revela o …

Identificados quatro suspeitos de incêndio após queimadas em Viseu

A GNR anunciou hoje que identificou quatro pessoas em Lordosa, no concelho de Viseu, na …

  • António Lopes

    Não estou a perceber..! Mas o PS não está no Governo? Manifestaram-se a pedir e, agora, não colocam..? Eu bem lhes digo que não me presto a “política politiqueira”… Ainda por cima não apoiam ninguém para a presidência..! Não estão a precisar de votos…

    • Politiqueiro

      Sr. Lopes o seu comentário é uma vergonha!
      Mas o que é importante é defender a saúde dos Oliveirenses ou vir para aqui fazer “politica politiqueira”?
      O Sr. foi eleito para a Assembleia. O que fez entretanto para evitar esta situação?
      NADA, NADA, NADA!
      Quais as suas ideias para resolver o problema?
      NENHUMA!
      O voto dos Oliveirenses foi confiado a um individuo que apenas está preocupado em satisfazer o seu ego!
      O que é que este assunto tem a ver com as eleições para Presidente da República?
      Estou profundamente desiludido consigo.
      Os verdadeiros Comunistas defendem os direitos do povo, já o Sr. apenas vive para dizer mal dos outros e elogiar-se a si mesmo.
      Sugiro que vá ao médico para se tratar e talvez nesse momento perceba, que afinal com a saúde não se faz “política politiqueira”.

  • Politico falso

    Sr. Lopes o seu comentário é uma vergonha!
    Mas o que é importante é defender a saúde dos Oliveirenses ou vir para aqui fazer “politica politiqueira”?
    O Sr. foi eleito para a Assembleia. O que fez entretanto para evitar esta situação?
    NADA, NADA, NADA!
    Quais as suas ideias para resolver o problema?
    NENHUMA!
    O voto dos Oliveirenses foi confiado a um individuo que apenas está preocupado em satisfazer o seu ego!
    O que é que este assunto tem a ver com as eleições para Presidente da República?
    Estou profundamente desiludido consigo.
    Os verdadeiros Comunistas defendem os direitos do povo, já o Sr. apenas vive para dizer mal dos outros e elogiar-se a si mesmo.
    Sugiro que vá ao médico para se tratar e talvez nesse momento perceba, que afinal com a saúde não se faz “política politiqueira”.

  • Politiqueiro

    Sr. Lopess o seu comentário é uma vergonha!
    Mas o que é importante é defender a saúde dos Oliveirenses ou vir para aqui fazer “politica politiqueira”?
    O Sr. foi eleito para a Assembleia. O que fez entretanto para evitar esta situação?
    NADA, NADA, NADA!
    Quais as suas ideias para resolver o problema?
    NENHUMA!
    O voto dos Oliveirenses foi confiado a um individuo que apenas está preocupado em satisfazer o seu ego!
    O que é que este assunto tem a ver com as eleições para Presidente da República?
    Estou profundamente desiludido consigo.
    Os verdadeiros Comunistas defendem os direitos do povo, já o Sr. apenas vive para dizer mal dos outros e elogiar-se a si mesmo.
    Sugiro que vá ao médico para se tratar e talvez nesse momento perceba, que afinal com a saúde não se faz “política politiqueira”.

  • Anticobarde

    COBARDES não aceitam comentários.
    És um moderador tendencioso.

    • António Lopes

      Quem é que corta comentários? Estão aí, repetidos a darem-me mimo…Censura é noutros lados.Deve estar equivocado.Insista que entra..Olhe faça como eu assine..!

  • António Lopes

    A Politica de saúde é da responsabilidade do Governo.Quem começou a reduzir os cuidados de saúde, criou a saúde privada através das PPPs nos hospitais, foi o PS e o Ministro Correia de Campos, em finais de 2006 princípios de 2007. Fazer uma manifestação na pré -época eleitotoral a defender a saúde,promovida pelo mesmo partido que a começou a atacar, Chama-se “política Politiqueira”.Vir relatar o que se passou em reuniões para tentar resolver o problema, esses sim, por uma questão de ego, só podia adiar o problema.Nomear meia dúzia de médicos é assim tão difícil e moroso? Já nomearam 124 Boys .Para isso já tiveram tempo.
    Quanto ao IC6, o problema ainda é pior. Guterres fez 12 Km até à Catria dos Poços. entre 95 e 97.Mas, ainda esteve mais 5 anos no Governo.A dívida pública era de 60% do PIB.Não a fez toda porquê? Sócrates fez mais outros 18 KM , em 2010.Mas esteve 6 anos no Governo.Quando tomou posse a dívida eram 70% do PIB.Não fizeram o resto porquê? Era o PSD, em 7 anos e três governos, que tinha que o fazer?
    O António Lopes foi eleito para Presidente da Assembleia Municipal.Neste momento, é praticamente o único que se preocupa e combate os abusos e a má gestão, os favorecimentos e o compadrio.Isso sim, é função dele.O que se anda a perder com a má gestão, como brevemente se provará, dava para pagar médicos para estar um em cada aldeia.E são 88..! Resolvam lá o que é de vossa responsabilidade e deixem de deitar pó para os olhos das pessoas.A mim não me conseguem distrair e muito menos manipular.
    Já hoje questionei o Sr.Presidente da Assembleia para quando a minha visita à BLC.Já demonstrei ao Sr.Presidente da Câmara a tremenda mentira e propaganda na gestão da água esgotos e lixo e o quanto nos andam a levar.Isso sim. é o meu trabalho.Estou farto de denunciar o que se passa na BLC.Se estivessem preocupados resolviam.Isso depende deles.Não resolvem porquê? Quanto à saúde educação e o resto , como se tem provado, as “guerrilhas que têm que fazer sangue”, os cortes de estrada, os “projectos revolucionários de saúde” só tem servido é para adiar o problema e o Sr.Presidente dizer asneiras…Esses “livros” ajudei a escreve-los e já os rasguei…! O António Lopes comove-se pouco com as vossas encomendadas opiniões.Já desafiei o Senhor Presidente para discutir publicamente a política e os problemas do Concelho.Quando quiser que diga.Por mim é ontem….

  • joao dinis jano

    João Dinis, Jano

    Enormes problemas para o Povo e enormes privilégios para os maiores vigaristas !
    Assim se pode caracterizar as políticas do direita de anteriores (des)governos.do PSD, do CDS e do PS.

    A pretexto da crise e da austeridade – que sobretudo recaem sobre os Trabalhadores e o Povo – os sucessivos (des)governos deram-nos cabo da saúde e da vida. Enquanto isso, e depois de décadas (sim, de décadas…) a proporcionarem isenções fiscais no valor de milhares de milhões de euros aos Bancos aos banqueiros especuladores e vigaristas, os mesmos (des)governos continuaram a presentear os mesmos banqueiros e outros vigaristas com ainda mais milhares de milhões como acontece com a série de bancos falidos, uns atrás dos outros, através de processo mafiosos.

    A pretexto, lá vieram, e continuam na ordem do dia, os cortes orçamentais em tudo aquilo que é serviço público a começar pelos cortes orçamentais no funcionamento do Serviço Nacional da Saúde (público) também em benefício dos serviços privados.

    Agora, aqui por Oliveira do Hospital, estamos a atingir a ruptura dos serviços (públicos) do Centro de Saúde e das suas Extensões. Não há médicos, não há enfermeiros, não há medicamentos, é uma desgraça ! Mas há doença, há doentes, há pessoas necessitadas, não há dinheiro para pagar a medicina privada. Morre-se desamparado por falta de cuidados de saúde essenciais ! Eis uma das piores consequências das políticas de direita com as quais é indispensável romper, e depressa !

    Dizem-nos outra vez que em breve (oxalá assim seja) vão ser construídas – por iniciativa da Câmara Municipal – as novas instalações da Extensão de Saúde em Ervedal da Beira. Mas põe-se já um problema:- pois sim, caso construam essas novas instalações para a Extensão e Saúde, a seguir onde estão os Médicos e os Enfermeiros para assegurarem o seu regular funcionamento ? Vai ser a Câmara a garanti-los ?

    De facto, o Serviço Nacional de Saúde é da responsabilidade do Poder Central. As Câmaras não têm essa responsabilidade directa e ainda menos meios financeiros têm para assegurara um tal serviço público. Por isso, o governo tem que cuidar de garantir o Serviço Nacional de Saúde em boas condições de forma a ele ter acesso quem dele mais necessita:- o nosso Povo.

    O actual governo do PS não pode fugir a essa responsabilidade. E ou a cumpre ou estamos mal, francamente mal.

    Podem contar com o PCP – hoje e amanhã, como ontem contaram — para não permitir que qualquer que seja o governo fuja a essa responsabilidade.

    Estamos até em crer que o actual governo precisará de um sinal claro da População do concelho de Oliveira do Hospital no sentido de lhe “lembrar” isso mesmo…

    Podem contar com o PCP !

    João Dinis, Jano

    • António Lopes

      Sim,Jano.Mas, então, aquela manifestação não era para pressionar o governo do Passos? Agora estão lá os promotores da manifestação, não fazem porquê? Não é tempo de deixar de brincar com assuntos sérios? SE queriam mesmo resolver quem é que os está a impedir? Aqui os “caciques locais”,andam com estas movimentações para quê? Para dizerem que são os de Lisboa ou de Coimbra que não querem resolver? Eu estou farto de dizer que não fazem o IC6, pela simples razão que Bruxelas não deixa.E se não há médicos nem dinheiro para remédios, que são trocos, como é que vão fazer os ICs? Se a Câmara quer mesmo resolver, com o que gasta nas festas e na bola mais o que, incompreensivelmente “foge” em lonas e geradores mais nos contratos de convite único, dá para isso tudo e muito mais. Não é a Câmara que nomeia o Presidente da Fundação Aurélio Amaro Dinis? Não é esta que gere o Hospital? Porque esteve a unidade móvel parada estes anos todos? Que contrate médicos, que lhe pague, que vá resolvendo e mandando as facturas ao Governo.Acredito que eles paguem.O “projecto revolucionário” era o quê? Eu que me arrogo de informado, nunca soube o que era..! Este Povo que abra a pestana e “acelere os sapatos”. Há espera das soluções desta gente bem morrem na esperança..! É muita demagogia para o meu gosto.Até parece que não foi o PS que começou esta desgraça..! Ou já se esqueceram da vigília pelo SAP e o businão, no Governo de Sócrates e do ministro Correia de Campos..? Não têm pingo de vergonha…

    • João Paulo Albuquerque

      Caro João Dinis;

      Este seu comentário é de uma sem-vergonhice atroz acompanhada de uma falta de ética e responsabilidade política de igual índole.
      Quais são os países comunistas que podem servir de exemplo para um futuro serviço nacional de saúde? O Venezuelano? O Brasileiro? o Cubano? O Russo (este já nem comunista é)? O Chinês? O Norte Coreano? Tenha juízo, responsabilidade e assumam a asneira que fizeram ao promoverem a pior situação possível para o País. Sim, os nossos dedos estão-vos apontados, a vossa responsabilidade não pode sair impune.
      A vergonha maior é focar o caso BANIF, que a solução conseguida foi o maior roubo até hoje perpetuado neste País, muito mais grave que as anteriores situações, pois nem as propostas que traziam custo ZERO aos portugueses foram abertas ou consideradas. “Esperaram até ao ultimo segundo”, disse o primeiro ministro que vocês colocaram na cadeira sem a escolha popular (do povo), sabendo que se esperasse até ao primeiro de Janeiro, já nada pagavam os portugueses. Limpe-se a esse guardanapo Sr. Prof. João Dinis. Mas não me chame doido, porque eu não vou nessa. Se há quem vá, é outro problema.
      O que tivemos na constituição do governo e na entrega da banca, mais não passou que entregar o País ao grupo Bilderberg e aos seu superiores. Eu não fui culpado, mas você foi.
      Tudo se prepara para Marcelo R. Sousa (participou no encontro Bilderberg de 98 em Turnberry, Escócia) seja o próximo PR.
      Está em calha arrumar Pedro Passos Coelho, para que Rui Rio possa substituir António Costa (ambos estiveram na reunião em Virgínia, nos EUA em Junho de 2008).

      Tudo se prepara para tenhamos um governo e um presidente Bilderburg, claro que depois, tudo será entregue à irmandade, os bancos (Ricardo Espírito Santo participou nos encontros de 97 em Geórgia, EUA e 99 em Sintra, Portugal, foi presidente do Grupo Espírito Santo, Vítor Constâncio Ex-Governador do banco de Portugal, actual vice-presidente do BCE. Luis Amado esteve na reunião Bilderberg em Chantilly, Virginia, USA em junho de 2012, e era o presidente do conselho de administração do Banif), a saúde, tudo que der lucro.
      Caro João Dinis, cada um que assuma as suas responsabilidades, agora vir para aqui lavar as mão e a cara, só lhe fica mal, até porque a água está muito suja.
      Mais, Ana Botín presidente do Santander foi à reunião de 2015 em, depois de já ter estado em Junho de 2010 em Sitges na Espanha como Presidente Executive Chairman do Banesto.
      Afinal, quem é que entregou o quê e a quem?

      João Paulo Albuquerque

    • Carlos Ribeiro Mendes

      SR. João Dinis este seu comentário é para a rir? Não é este o governo que o BE e o PC puseram e mantêm lá! O tal do que perdeu as eleições, mas que o BE e o PC fizeram com que as tivesse ganho. Este é o Governo do BE e do PC, não tente deitar poeira para os olhos das pessoas. O PC é tão responsável, como qualquer outra força, BE ou PS, por mais aquele assalto ao erário público que foi a venda protegida, pelo dinheiro dos contribuintes, por parte de António Costa e Carlos César, do BANIF ao SANTANDER! Os comunistas não podem lavar as mãos como Pilates. Tenha um pouco de decoro e vergonha na cara e pelo, uma vez na vida assumam as vossas responbsabilidades. Sejam homens.

    • O POVO é que manda

      Esta está boa? E vergonha na cara? Não tens?
      Faz-te homem que já tens idade. Puseste-o lá contra a vontade popular e agora vens para aqui como se fosses uma virgem arrependida.
      A Câmara não tem culpa? Pois não, mas quem mandou o bruto do presidente meter-se onde não devia nem sabe. Não estiveste também a discursar para o vento quando foi a marcha lenta? O já te esqueceste que estiveste a berrar para as sombras?
      Diz ao teu amigo Alexandrino que mostre onde anda o dinheiro. Mostre as contas.
      Para onde foi o dinheiro dos rios? Para onde foi o dinheiro das lonas? Para onde foi o dinheiro da Acibeira? Como anda a merda na etar do Seixo?
      Não mostram as contas porquê? Será que se ajeitaram com o dinheiro?
      Você também pagou umas dormidas, ou ficou com o dinheiro? Mostrem ao POVO, para o POVO não vos chamar LADRÕES.

  • João Paulo Albuquerque

    Esta sim, é a mensagem que um comunista deve passar:

    https://www.facebook.com/200699703303905/videos/1132789086761624/

  • Incoformado

    Mas não era o Guerra Junqueiro que afirmava que vinham médicos a caminho?
    LOL!!!
    O problema é mesmo deste Centro de Saúde e dos médicos que priorizam as clínicas privadas.
    De há muitos a esta parte, exercer medicina em Oliveira do Hospital era sinónimo de enriquecimento rápido.
    Os doentes eram e continuam a ser desviados para os consultórios dos médicos de família – “Passe lá no consultório para eu a ver com mais tempo, depois passo-lhe exames aqui no Centro de Saúde, não vá ao meu colega X aqui do Centro pois o seu problema tem de ser acompanhado por mim”!!!
    Com encerramento de extensões quem é que beneficia?
    Por exemplo, há uns meses chegou um médico “simpático” a este Centro de Saúde e o que ele fez? Montou um consultório, que por sinal é praticamente inacessível a doentes com dificuldades motoras.
    Haja coragem para colocar os médicos nas extensões a trabalhar verdadeiramente como médicos de família. Obriguem-nos a cumprir o horário de trabalho.
    Não se compreende que este Centro de Saúde seja o único da região onde não é possível marcar consultas com antecedência, onde não há dias específicos para consultas de crianças, grávidas e idosos…
    Este é um Centro de Saúde em que alguns médicos só trabalham na medicina familiar durante o período da manhã, em que alguns médicos só fazem noites para ficarem disponíveis para trabalhar no privado durante o dia.
    Este é o Centro de Saúde que não permite a vinda de novos médicos para Oliveira do Hospital, devido à inexistência de internato de medicina geral e familiar, pois os médicos mais velhos não querem dar-se a esse trabalho.
    Este é o Centro de Saúde em que alguns médicos, que querem ser tratados como Deuses, trabalhar no horário que querem, serem pouco incomodados pelos doentes e receberem muito, mas muito acima de qualquer trabalhador.
    A ARS que cumpra a sua função, coloque médicos de forma definitiva em Oliveira do Hospital e fiscalize a forma como se exerce medicina neste Centro de Saúde. Caso não seja capaz de exercer a sua responsabilidade, que demitam a direção da ARS.
    Perguntem aos médicos que “abandonaram” Oliveira do Hospital, o verdadeiro motivo pelo qual não ficaram no Concelho. Perguntem por que razão preferem Tábua, Pampilhosa da Serra, entre outros Concelhos.
    Por fim caros comentadores deixem-se de politicas parolas e ajam em prol da nossa saúde. Estamos fartos do diz que disse… Neste barco todos temos de remar no mesmo sentido. Contudo, para uns é mais importante a guerra pessoal do que o interesse dos Oliveirenses.

    • Guerra Junqueiro

      Mostre aqui, onde é que o Guerra Junqueiro escreveu ou disse o que você afirmou? O que escrevi, foi que o Sr Presidente se preocupasse com os seus assuntos, que apresentasse as contas em falta, as adjudicações mal explicadas, os problemas nas contratações, os problemas nas fundações e que deixasse a saúde para quem de direito.
      Disse mais, que a saúde estava com quem a tinha salvo, pois o SNS estava perdido em dívidas e o anterior ministro foi o seu salvador. Vamos ver como vai ficar agora.
      Quanto ás políticas parolas, acho que estamos conversados, mostre você o que tem feito, para lhe poder dar os parabéns.
      Gostava também de saber, para que lado pretende remar,? Algo me diz que é a favor da corrente.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

  • António Lopes

    Vocês não discutam.Vamos lá fazer o ponto da situação:O anterior Secretário de Estado estava a nomear os médicos.Acho que ainda nomeou três e já tinha nomeado a tal senhora Drª. “grávida e o tal Dr.Paraplégico”. Depois o nosso presidente foi para lá com aquela coisa do “Projecto Revolucionário” e já tinha dito que ia formar uma “guerrilha”e que era preciso “sangue”.. Os senhores doutores pensaram duas vezes..! “Bem, vamos para clima de guerra, aquilo não é bom para nós.Hospital de campanha, mortos e feridos dos combates, balas perdidas que ainda chega alguma….não…,para ali não vamos”..! É isto que se passa.Essa coisa da medicina “privada” é doença Nacional,,! Aqui há tempos fui à CUF Descobertas, e o médico mandou-me fazer exames lá para os lados do consultório dele…! Fiz-me de mouco e fiz lá mesmo.Mas que não gostou, disse-mo na consulta seguinte..! E foi em Lisboa…” E não sabem o que aconteceu à Dra.Leonor Beleza, quando era ministra e quis acabar com isso..? Valha-os Deus..Nem parece que nasceram neste torrãozinho à beira mar plantado…! Já dizia D.Pedro V: “São os males que de longe vêm”..!

  • tretas & Tretas

    Mas só agora é que esta malta deu conta da gravidade da situaçao?
    Aliás o Centro de Saude de Oliveira pelo que se consta é como a monarquia as chefias passaram de mão em mão já com plano traçado desde há muitos anos.
    depois há que empurrar tudo para o Hospital da Fundaçao eu é privado e por lá existem uns e outros que se vao governando