Fiscalização da GNR sobre automobilistas levou a sete detenções

Menos acidentes, o mesmo número de mortos e mais feridos nas estradas no período de Carnaval

A GNR registou durante os cinco dias da operação de Carnaval, que decorreu entre sexta-feira e ontem, 871 acidentes e três mortos. Comparativamente com igual período do ano passado houve menos 111 acidentes, registou-se o mesmo número de mortos e os feridos aumentaram: mais quatro graves (16) e dois leves (273).

Dos cerca de 21 mil condutores fiscalizados, foram registadas neste período as seguintes infracções: 2 113 por excesso de velocidade; 818 por condução sob a influência do álcool (279 detidos com taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 g/l); 320 pela incorrecta ou não utilização do cinto de segurança; 319 por utilização indevida do telemóvel durante a condução.

A operação envolveu efectivos dos comandos territoriais, Unidade Nacional de Trânsito, Unidade de Intervenção e Unidade de Segurança e Honras de Estado que, para além das diversas acções de fiscalização com o objectivo de prevenir a sinistralidade rodoviária, garantiram ainda a segurança dos locais associados às festividades do Carnaval, que decorreram por todo o país.

LEIA TAMBÉM

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …