Mochilas pesadas são prejudiciais para as crianças… Autor Dr. Paulo Pereira

Mochilas pesadas são prejudiciais para as crianças… Autor Dr. Paulo Pereira

Numa altura em que se começa a pensar no regresso às aulas, é importante ter em conta a escolha da mochila para o seu filho, na medida em que as dores nas costas são um problema que tem vindo a aumentar na idade infantil.

A forma como são transportados os materiais escolares e até a sobrecarga dos mesmos podem causar danos na coluna das crianças e afetar a sua postura. Muitas crianças queixam-se de dores relacionadas com a coluna vertebral e algumas acabam por apresentar lesões ao nível do aparelho músculo-esquelético.

Os resultados do uso inadequado das mochilas podem começar a surgir a curto, médio ou longo prazo. É importante que os pais fiquem especialmente atentos à forma como os mais jovens utilizam as mochilas e que controlem o peso que os mesmos transportam diariamente.

Na altura de escolher a mochila escolar tenha atenção alguns conselhos:

• A mochila deve ser feita de material leve e resistente

• Ter o tamanho igual às costas da criança

• Ter costas almofadadas

• Ter duas alças almofadadas e fáceis de ajustar

• Ter compartimentos para que os materiais escolares sejam arrumados e estabilizados

• Não deve pesar mais de 10% do peso do corpo da criança

Se a criança tem que percorrer longas distâncias a pé, o ideal é optar por uma mochila com rodas e uma pega, para evitar a inclinação do tronco e a sobrecarga da coluna durante o seu transporte. Nos intervalos das aulas e nas viagens, os pais e educadores devem certificar-se que a criança retira a mochila.

Outra questão relacionada com as mochilas escolares advém do facto de, cada vez mais, os jovens as transportarem num só ombro, o que prejudica gravemente a sua coluna e postura.

Neste sentido, é importante que os adultos intervenham na educação dos jovens, ensinando-lhes as melhores formas de transportar os materiais escolares, tendo sempre em atenção que apenas devem levar para a escola o material necessário.

A prevenção de problemas na coluna passa sobretudo pelos educadores, pais e professores, que devem estar atentos, não só ao transporte de mochilas, mas também à postura adotada durante as aulas, à prática de exercício físico e aos sintomas das crianças e adolescentes.

Artigo de Opinião do Dr. Paulo Pereira, neurocirurgião, coordenador da campanha Olhe pelas Suas Costas

 

 

LEIA TAMBÉM

Em Vila Franca da Beira, PS e seus principais candidatos somam e seguem nas suas manobras eleitoralistas e antidemocráticas. Autor João Dinis, Jano

Assim voltou a acontecer desta vez – no Domingo 3 de Setembro – a pretexto da “inauguração” …

Amianto vai ser retirado da Escola Secundária de Oliveira do Hospital, oposição critica “timing”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou ontem que assinou um contrato de adjudicação …