Morte de aluna deixa comunidade educativa oliveirense de luto

 

A comunidade educativa do concelho de Oliveira do Hospital está em estado de choque, na sequência do ataque súbito, que vitimou à morte uma aluna da Escola Básica Integrada de Lagares da Beira.

De acordo com informação recolhida pelo correiodabeiraserra.com, a aluna terá sido vítima, na passada quarta-feira, de um aneurisma cerebral que, nos momentos seguintes à ocorrência obrigou a equipa médica, que a assistiu, a avançar com a indução do coma.

Em face da gravidade da situação, a aluna acabou por falecer, ontem, nos Hospitais da Universidade de Coimbra.

Segundo apurou este diário digital, a aluna ainda terá tido tempo de alertar a professora acerca de uma repentina indisposição, mas uma súbita dor de cabeça acabou por fazer desmaiar a jovem.

O problema de saúde que afetou a estudante chegou a motivar a criação, por parte dos colegas, de uma página no facebook. Designada por “Vamos apoiar a Andreia pessoal! Tudo correrá bem, se Deus quiser”, a página em jeito de evento, foi entretanto desativada.

A perda da aluna foi esta tarde lamentada pela vereadora de Educação da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, Graça Silva. O funeral realizou-se hoje, pelas 18h00.

LEIA TAMBÉM

Candidato do PSD a Travanca promete “um presidente para todos os dias e não apenas para o fim-de-semana”

O PSD apresentou ontem publicamente a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Travanca de …

Festival “Origens” de Travanca de Lagos agendado para o próximo fim-de-semana

Os Jovens da Liga de Travanca de Lagos apresentam, de sexta-feira a domingo, mais uma …