“Movimento Ohp – A criar a Mudança” atribuiu cabazes a três famílias carenciadas

O recém criado “Movimento Ohp – A criar a Mudança” acaba de proporcionar um “Natal melhor” a três famílias carenciadas do concelho de Oliveira do Hospital. A entrega dos cabazes foi o culminar de uma campanha de solidariedade que o movimento iniciou há algumas semanas.

“O Movimento Ohp – A criar a mudança não pode ajudar o mundo mas conseguiu ajudar três famílias a ter um Natal melhor”. É com o sentimento de missão cumprida que o novo movimento de Oliveira do Hospital anuncia a entrega de géneros alimentares a famílias que, de outra forma não conseguiriam sentir o verdadeiro espírito do Natal.

ervedal2

“Foi para nós a melhor prenda deste Natal, ver a alegria no rosto de pessoas que, talvez não tendo muitos motivos para sorrir, o fazem”, referem os responsáveis pelo “Movimento Ohp” que, por esta altura, se confessam sensibilizados com o caso de duas crianças, de 4 e 9 anos que vivem com os avós, desempregados e em condições habitacionais degradadas, e aos quais apenas resta “o amor que os avós lhes podem dar”. Mais do que o cabaz de alimentos, àquele agregado o “Movimento Ohp” fez também chegar algumas roupas recolhidas para as crianças.

“De uma forma muito reduzida conseguimos trazer um pouco de felicidade a estas casas”, refere aquele movimento que, para a dinamização desta ação de solidariedade contou com a generosidade, que muito agradece, de pessoas, empresas e entidades públicas que possibilitaram a colocação de pontos de recolha de bens, assim como a realização de três eventos para a angariação de fundos que possibilitara a compra de bens para os cabazes.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Filho preso por suspeitas de ter matado mãe com martelo em Viseu

O homem de 37 anos suspeito de ter matado a mãe em Santarinho, no concelho …

Um morto e dois feridos em acidente em Viseu

Uma colisão entre dois veículos ligeiros hoje de manhã, em Sátão, distrito de Viseu, provocou …