Mulher apanhada a introduzir 44 doses de haxixe na Prisão de Coimbra

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Centro, em estreita colaboração com o Estabelecimento Prisional de Coimbra, deteve uma mulher, sem profissão, presumível autora da prática de um crime de tráfico de estupefacientes.

“A suspeita preparava-se para visitar um homem com quem se relaciona, detido naquele Estabelecimento Prisional, a quem pretendia entregar produto estupefaciente, tendo-lhe sido apreendidas quarenta e quatro doses de haxixe que ocultava no corpo”, informa a PJ em comunicado enviado ao correiodabeiraserra.com.

As investigações iniciaram-se há cerca de seis meses, com a detenção de uma outra mulher após ter entregue cinquenta e quatro doses de haxixe a outro recluso durante a visita, tendo, entretanto, sido também apreendidas cerca de cento e vinte doses da mesma substância estupefaciente enviadas via postal para a agora detida.

A detida, de 55 anos de idade, já com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.

LEIA TAMBÉM

Altice garante não existir ninguém afectado pelos incêndios à espera de reposição das comunicações

O presidente da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, afirmou hoje que “não existe ninguém” nas regiões …

PSD quer conhecer calendário das obras do IP3

O PSD, através da deputada Fátima Ramos, eleita pelo Círculo eleitoral de Coimbra, questionou o …