GNR deteve alegados traficantes de droga nos acessos a uma “Rave” em Oliveira do Hospital

Mulher foi detida por vender almanaque falsificado em Santa Comba Dão

Militares da Secção de Programas Especiais do Destacamento Territorial de Santa Comba Dão detiveram ontem, uma mulher com 33 anos de idade, por venda de exemplares falsificados do “Almanaque Borda D’Água”.

A detenção ocorreu na sequência de patrulhamento à feira semanal de Santa Comba Dão, em que os militares detectaram que a mulher se encontrava a vender o “Almanaque Borda D’Água”, suspeitando-se ser falsificado. Como resultado foram apreendidos 61 exemplares do livro, bem como uma quantia em dinheiro e a detida foi presente ao Tribunal Judicial de Santa Comba Dão.

LEIA TAMBÉM

Câmara de Seia anuncia vários investimentos com aprovação de Orçamento de 24,9 milhões de euros para 2019

Com um crescimento de 11,25% face ao presente ano, sendo mesmo o mais alto nível …

Cinco mortos e 18 feridos graves nas estradas portuguesas no período de “Todos os Santos”

A Guarda Nacional Republicana, entre os dias 31 de Outubro e 4 de Novembro, registou …