Munícipe lança ambiente de confusão na Câmara Municipal

 

Um comerciante de Meruge, que se dedica à venda ambulante de peixe, acaba de ser conduzido ao Centro de Saúde de Oliveira do Hospital para receber tratamento clínico, pouco depois de ter entrado no edifício da Câmara Municipal para pedir explicações sobre um auto que lhe foi instaurado pelos serviços de fiscalização da CMOH.

De acordo com a informação obtida pelo correiodabeiraserra.com junto de algumas testemunhas que presenciaram o episódio, o indivíduo – num tom “muito exaltado e descontrolado” – terá tentado chegar à fala com o presidente da câmara, mas o autarca do PSD não manifestou disponibilidade para receber o munícipe, que acabou por gerar um ambiente de “grande confusão” no interior do edifício dos Paços do Município.

Os Bombeiros Voluntários compareceram no local com uma ambulância, mas o munícipe – visivelmente muito perturbado –, acabou por se deslocar, voluntariamente, na sua própria viatura, para o centro de saúde local.

LEIA TAMBÉM

Dominado fogo que hoje se reacendeu em Tábua

O incêndio florestal que deflagrou na terça-feira no concelho de Tábua, que esteve em fase …

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Incêndio de Tábua reacendeu-se e mobiliza centenas de bombeiros

O incêndio que ontem deflagrou em Tábua, está novamente activo. O reacendimento aconteceu ao início da tarde …